Trio rouba veículo, foge da PM e é detido após acidente

Por em 7 de janeiro de 2013
Jornal de Itupeva

Fox roubado momentos antes atingiu Gol e se chocou contra poste após condutor fugir de policiais da Força Tática

Policiais militares da Força Tática do 49º Batalhão detiveram em Campo Limpo Paulista, durante a madrugada de ontem, três jovens que vieram de Francisco Morato para assaltar na cidade. Entre os detidos está um adolescente de 15 anos.

A abordagem aos acusados ocorreu após um deles, conduzindo um veículo roubado, fugir da viatura em alta velocidade, bater em um carro que transitava na via pública e se chocar contra um poste durante perseguição. Um revólver Taurus, calibre 32, foi encontrado no automóvel, sob as pernas do condutor, identificado como Paulo Henrique Alves da Silva, 18 anos, conhecido como “Paulete”.

De acordo com a PM, o jovem estava na companhia de Felipe Emanuel, também de 18 anos, e do adolescente de 15 anos, e foram responsáveis pelo roubo, na região central de Campo Limpo, de um Fox preto, ano 2009.

“A vítima contou que chegava em casa e foi abrir o portão, quando eles chegaram a pé e a mandaram sair o veículo. Um deles estava com a arma. Os três entraram no carro em seguida e fugiram”, explicou o sargento Camargo, que coordenou o cabo Willians e soldado Vagner na detenção do trio.

Segundo o PM, após o roubo, um familiar da vítima ligou para o 190 e buscas passaram a ser feitas na região central, para onde os assaltantes teriam fugido com o Fox. “Avistamos o veículo na marginal, retornando para o centro. Foi dada ordem de parada, mas o condutor não obedeceu e fugiu. Conseguimos realizar a abordagem depois que o carro bateu em outro veículo e em um poste”, disse Camargo.

O sargento da Força Tática informou que, ao ser encontrada a arma, verificou-se que a mesma estava carregada com três projéteis e que todos estavam “picotados” (falharam). “É um sinal de que efetuaram disparos. Não sabemos se contra nós, porque o Fox tinha dos vidros escuros, se contra outras pessoas ou para testar a arma”, observou o policial.

Vender peças

Segundo Camargo, os jovens foram indagados sobre o que pretendiam fazer como veículo, respondendo que iriam vender as peças. “Perguntei se para algum desmanche e eles disseram que não. Iriam vender para quem precisasse das peças, pois necessitavam de dinheiro”, comentou.

Além dos adultos – autuados em flagrante por roubo consumado -, o adolescente foi recolhido no Centro de Triagem de Jundiaí, depois de ser formalmente apreendido. Os três seriam do mesmo bairro de Francisco Morato e teriam vindo a Campo Limpo Paulista de trem.

Colaboração: Jornal de Jundiaí/JJ.