Defesa Civil de Jundiaí se une aos moradores

Por em 13 de janeiro de 2013
Eduardo Carbonari conversa com morador no Jd Tulipas.

Trabalhos prevencionistas da Defesa Civil e da Secretaria Municipal de Serviços Públicos se estenderam por todo o final de semana

Os técnicos da Defesa Civil, Thiers Marques e César Brayner, acompanhados por Eduardo Luiz Carbonari, coordenador da área, e por Agnaldo Leite, secretário de Serviços Públicos, visitaram todas as áreas de risco de deslizamentos de terra e enchentes da cidade, neste final de semana. Nenhuma família precisou ser retirada de sua casa, por causa de riscos iminentes

A decisão para estender o período semanal dos trabalhos partiu do prefeito Pedro Bigardi, com base nos índices que ainda apontavam estarem essas áreas em estado de alerta máximo. Desde o final da tarde deste domingo, todas as áreas de risco saíram da classificação de estado de alerta máximo. A que registrou maior volume acumulado de chuva foi Jundiaí Mirim, 29 milímetros.

Visitas

Ainda que com o horário avançado (22 horas), no sábado (12), a equipe técnica da Defesa Civil estava no Jardim Sorocabana, em vistoria às áreas de risco. “Precisávamos entrar no meio do mato para verificarmos o nível de água do córrego. E, com a companhia dos próprios moradores, pudemos fazer isso e com sucesso”, disse Carbonari. “Constatamos que não se tratava da iminência de enchentes, que tanto têm prejudicado aquela região”, destacou.

Foram tantas as informações passadas pelo presidente da Sociedade Amigos de Bairros Sorocabana, Claudinei Pinheiro (o Cláudio), à equipe técnica, que o secretário municipal de Serviços Públicos, agendou uma reunião, no Paço Municipal,para esta segunda-feira (14), às 17 horas. Alguns moradores do Sorocabana, acompanhados por Cláudio, estarão com o secretário e membros da Defesa Civil, neste encontro.

Outras áreas, como Jardim São Camilo, Jardim Tamoio e Tulipas também foram vistoriadas. “Com a contribuição de Reginaldo Dias, líder do bairro, também pudemos percorrer as áreas do Jardim São Camilo. Isso no domingo, pela manhã”, continua Carbonari. “Lá, agendamos reuniões periódicas, no salão da igreja, que tem capacidade para 60 pessoas e, então, vamos passar a discutir os problemas daquela região de maneira mais próxima aos moradores”, avisou o coordenador.

No Jardim das Tulipas, o representante da Sociedade Amigos de Bairros, Dorival Benedito Bueno, também se dispôs a contribuir com a equipe técnica. Ele passou informações que serão discutidas em reuniões agendadas, no próprio bairro.

De todas as áreas visitadas, nenhuma família precisou ser retirada de casa, por causa de risco iminente de deslizamento de terra ou enchente, neste final de semana.

Empenho

O prefeito Pedro Bigardi destacou a importância do trabalho conjunto dos diversos órgãos da Prefeitura que inclui a Casa Civil, Serviços Públicos, Obras, FUMAS, Guarda Municipal, Comunicação Social, DAE, e Assistência Social coordenadas pela Defesa Civil. “Isto é fruto da reunião realizada na sexta-feira (11), em que foram traçadas as ações de como gerenciar este trabalho”, comentou.

O chefe do Executivo também frisou o empenho das equipes que estão monitorando as áreas de risco. “Todos estão de prontidão e verificando de perto estes locais. É com satisfação que elogio os envolvidos neste trabalho que têm a missão de garantir a segurança dos moradores destas áreas e de toda Jundiaí. O grupo atendeu prontamente a convocação e vamos continuar este trabalho”, concluiu o prefeito Pedro Bigardi.

Colaboração: Edi Gomes