Itupeva tropeça, mas continua na guerra

Por em 14 de maio de 2013
Jornal de Itupeva

“Perdemos a batalha, mas não perdemos a guerra. Vamos trabalhar duro para na quinta levar o título para casa”, palavras do comandante itupevense, Rafael Betelli, após a derrota por 6 a 2 para Itu, na última segunda-feira, em Araçariguama, pelo primeiro jogo da final da Copa TV TEM.

Mesmo jogando melhor na maior parte do jogo, Itupeva não conseguiu transformar sua superioridade dentro de quadra em gols e, para piorar a situação, o contra ataque da equipe ituana mostrou-se eficiente e transformou uma boa atuação coletiva de Itu em goleada.

As itupevenses entraram em quadra tendo que enfrentar, muito além de suas adversárias, o nervosismo, favoritismo, distância, torcida contra e o desfalque da número 16, Tai, um dos destaques da equipe na competição, coisas que já eram esperadas. Mas o que surpreendeu foi o mal estar sofrido pela goleira Jaísa, antes, durante e após a partida.

Itu saiu na frente do placar. Após displicência de Itupeva no campo de ataque, a goleira itupevense salvou o primeiro chute, no rebote Thaís empurrou para o fundo das redes.

O Gol pareceu ter mexido com as meninas de Itupeva, que começou a trabalhar a bola com mais velocidade e Cilene, com uma exibição de gala, fez dois gols bonitos, virando a partida para as itupevenses.

À frente no placar, Itupeva pareceu ter se acomodado e viu Itu reverter o resultado e se fechar esperando as itupevenses que, a cada gol perdido era castigado com um tento a mais no placar para as ituanas.

Para Rafael Betelli, houve alguns apagões durante o jogo, que fizeram diferença no placar: “Jogamos bem, não tudo o que podemos, mas dominamos a partida, mas nos lances capitais do jogo fomos displicentes.”.

A confiança da equipe itupevense não se abalou após a derrota, mesmo saindo de quadra de cabeça baixa, sem saber o que tinha acontecido, o vestiário parece ter trazido o melhor ataque do campeonato de volta:

“Hoje o vestiário foi importante. Lá conversamos, vimos os nossos erros de hoje e nos acertamos já para quinta-feira. Pode ter certeza que estou preparada para a próxima partida, não só para os 40 minutos de jogo e sim para o que vier depois dele”, disse a camisa 6 de Itupeva, Cilene.

Um dos destaques das itupevenses, Débora, mostrou-se incomodada com o resultado negativo: “Em decisão não existe favorito, isso foi provado hoje, mas pode ter certeza, quinta-feira seremos campeãs.”.

A decisão está em aberto, Itu venceu a primeira batalha, mas como na Copa TV TEM não há saldo de gols, uma vitória simples de Itupeva, na próxima quinta-feira, no Ginásio Romão de Souza, na cidade de Jundiaí, leva a decisão para os pênaltis.

Colaboração: Thales Mileto