Estudante é atropelada na faixa de pedestres

Por em 23 de maio de 2013
Jornal de Itupeva

Uma estudante sofreu ferimentos graves no início da noite de ontem (quinta-feira), ao ser atropelada por um veículo que trafegava pela rua Antonio Poli, no sentido Praça Tancredo Neves.

A garota atravessava a rua, pela faixa de pedestres, quando foi colhida pelo veículo gol com placas de Itupeva que era conduzido motorista A. B., 32 anos, morador de Itupeva.

Segundo relatos de testemunhas, o veículo trafegava em velocidade não compatível com o local, quando atropelou a garota. Gabriela foi arremessada contra o para-brisa e permaneceu momentaneamente desacordada, praticamente debaixo do veículo.

A estudante carregava nos braços um caderno escolar e sofreu ferimentos generalizados pelo corpo, além de apresentar possível fraturas de clavícula e perna. Ela foi resgatada  pelos socorristas Cido e Wagner, do setor municipal de ambulância da Prefeitura, sendo levada até o Pronto Socorro onde recebeu atendimento médico.

Os soldados De Paula e Paixão compareceram ao local e deram apoio no socorro. Eles apresentaram a ocorrência na Delegacia de Itupeva. O veículo foi recolhido ao pátio devido estar com a documentação atrasada.

A infração para o motorista que não respeita a faixa de pedestres é considerada “Gravíssima” pelo Código de Trânsito Brasileiro (artigo 214):  “Deixar de dar preferência de passagem à pedestre, que se encontre na faixa a ele destinada ou que não haja concluída a travessia, mesmo que ocorra sinal verde para o veículo (quando for o caso)”.

É comum ver inúmeras reclamações, em Itupeva, de pedestres que afirmam que grande parte dos motoristas não respeita a faixa de pedestres.

“Isso é um absurdo. Depois acontecem acidentes como este e o motorista vem com aquela desculpa de sempre: ‘foi sem querer’. Alguém precisa dar um basta a essa onda de imprudência, pois vidas estão sendo ceifadas por conta de motoristas inescrupulosos”, disse indignado um comerciante que presenciou o acidente, ocorrido em frente de seu estabelecimento comercial.


Em Atualização