Google oficializa adeus ao Orkut

Por em 6 de julho de 2014
Jornal de Itupeva

Em 2007, quando a rede social Orkut vivia o auge do sucesso, seu criador, o engenheiro de software Orkut Buyukkokten, visitou o Brasil. A popularidade do serviço era tanta que o gerente de produtos do Google chegava a ser reconhecido na rua. “Às vezes as pessoas ficam olhando. No geral, são bastante gentis e educadas”, disse Buyukkokten, numa época em que havia 43 milhões de brasileiros na rede social, o que equivalia a 56% do total de usuários no mundo.

O Google anunciou hoje (domingo) que vai desativar o Orkut a partir do dia 30 de setembro. O caso da rede social é um ótimo exemplo de como os produtos de internet surgem e desaparecem. No fim do ano passado, eram somente 6 milhões de brasileiros que usavam o Orkut. De líder de audiência, em seis anos, o site passou a quinto lugar entre as redes sociais no País.

Além do Brasil, o Orkut só fez sucesso na Índia. Lá também foi substituído pelo Facebook. O Orkut foi criado por Orkut Buyukkokten (que homenageou a si próprio ao batizar o serviço) num programa do Google que permitia aos desenvolvedores dedicar 20% do tempo a projetos pessoais, que não fossem relacionados às suas atividades do dia a dia.

Veja a nota da Google sobre a despedida do Orkut.