Lula inaugura sede dos Metalúrgicos em Jundiaí

Por em 12 de agosto de 2014
Jornal de Itupeva

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, participou nesta segunda-feira, dia 11 de agosto, da inauguração da nova sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista.

O evento aconteceu em frente do Sindicato, na Rua XV de Novembro esquina com a Rua Princesa Isabel, na Vila Arens, em Jundiaí.

A nova sede abriga o Museu do Metalúrgico, Cinearte, AMA (Associação dos Metalúrgicos Aposentados), Escola do Metalúrgico, Departamento de Saúde e Segurança do Trabalhador, sistema de comunicação, auditório multimídia e todas as demais instalações necessárias para melhorar a prestação de serviço à classe dos metalúrgicos de Jundiaí e região, hoje com mais de 35 mil trabalhadores, dos quais pelo menos 20 mil são associados ao Sindicato.

Entre as autoridades presentes estavam Ricardo Bocalon (prefeito de Itupeva e presidente do Aglomerado Urbano de Jundiaí); Alexandre Padilha, ex-Ministro da Saúde; Pedro Bigardi, prefeito de Jundiaí e o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Eliseu Silva Costa.

Logo que chegou ao local, Lula visitou as instalações da nova sede do Sindicato. Ele se surpreendeu com o espaço que conta a história da metalurgia no Brasil. No espaço Cinearte, o Sindicato apresentava o filme “Lula, o filho do Brasil”, momento em que o ex-presidente demonstrou grande admiração, tendo percorrido todo o espaço sem tirar os olhos na telona, que contava a sua própria história.

Após a visitação às instalações, Lula foi acompanhado pelas autoridades até um palco, montado na rua XV de Novembro que foi interditada para a realização do evento.

Lula contou ter tomado a consciência da importância da política quando foi pela primeira vez ao Congresso Nacional, em 1978, para debater contra um projeto de lei que proibia determinadas categorias de fazerem greve. Em Brasília, ele se deu conta que não havia parlamentares comprometidos com os trabalhadores.

“Eu comecei a pensar: como é que eu posso apenas protestar, apenas não gostar de política, ou eu posso dizer que não devemos fazer política e depois eu quero que sejam aprovadas coisas que beneficiem os trabalhadores se eu não tenho deputados aí, se eu não tenho senadores, não tenho prefeitos, vereadores, governadores? Foi aí que nós resolvemos então a começar a participar da política e a criar um partido político”, disse.

Por fim, o ex-Presidente parabenizou Eliseu pela inauguração do Sindicato e afirmou que todos os futuros Sindicatos, que por ventura venham a ser construídos, deveriam se espelhar no modelo inaugurado em Jundiaí.

“O que inauguramos aqui hoje é para se ter como exemplo para os futuros Sindicatos. Isso é uma joia rara, um espaço completo, magnífico, digno da classe trabalhadora que tanto merece”, finalizou.

Ao lado do ex-Presidente Lula, o prefeito de Itupeva, Ricardo Bocalon, disse que o novo prédio é a própria história do Sindicato. Os trabalhadores merecem um espaço como este, que certamente será muito útil. Parabéns ao presidente Eliseu e a toda a diretoria, que muito lutaram para ver realizado esse grande sonho”, disse.

O descerramento da placa inaugural aconteceu por volta das 21 horas, quando os presentes comemoraram com o já conhecido bordão: “Olê,olê, olê, olá, Lula, Lula”.

Um show pirotécnico coroou o evento com chave de ouro.