Bombeiros localizam corpo do homem do Fusca

Por em 28 de janeiro de 2015
O corpo foi encontrado pelos Bombeiros

Homens do Corpo de Bombeiros de Itupeva localizaram, na tarde desta quarta-feira, dia 28 de janeiro, o corpo de um homem de Várzea Paulista, que havia sido arrastado com o seu veículo Fusca, pelas águas do Rio Jundiaí.

De acordo com familiares, o corpo de Ilton Carlos Pereira, de 54 anos, estava desaparecido desde a tarde da última segunda-feira, dia 26, quando o veículo Fusca que ele dirigia, em companhia de um amigo, foi arrastado pela força das águas durante um temporal que caiu na cidade.

Segundo informações, o Fusca trafegava pela avenida Marginal, em Várzea Paulista, quando caiu em uma cratera que havia sido causada pela chuva. Com a força das águas, o carro foi arrastado por dentro da tubulação de um córrego que deságua no Rio Jundiaí.

O segundo ocupante do veículo, que se encontra hospitalizado, disse à policia que com a força da água o Fusca chegou a passar por dentro de uma galeria e foi arrastado até o Rio Jundiaí.

A cratera onde o Fusca caiu, em Várzea Paulista.

Ele conseguiu escapar da morte, porém, Ilton não conseguiu sair do carro e desapareceu.

Familiares, desesperados, acionaram a polícia e o Corpo de Bombeiros de Jundiaí, que realizaram buscas constantes, porém, Ilton não havia sido localizado.

O veículo Fusca foi localizado na manhã de terça-feira, com ajuda de Drones. Com danos de grande monta, o carro foi retirado por um guincho e recolhido ao pátio.

Ainda desesperados e sem notícias de Ilton, familiares ajudavam nas buscas às margens do rio.

O encontro do corpo

No final da manhã de hoje, quarta-feira (28), a equipe do sargento Abreu, do Corpo de Bombeiros de Itupeva, foi solicitada para dar apoio às buscas na região do bairro Novo Horizonte (antigo Varjão).

Enquanto os bombeiros de Jundiaí procuravam em uma área do rio, o sargento Abreu, o cabo Moreira e os bombeiros Cruz, Martins, Belato, Brandão desceram o rio com o uso de um bote, quando nas proximidades da Estação de Tratamento de Água (ETA), localizaram o corpo de um homem.

Junto ao corpo, os bombeiros localizaram uma bolsa, modelo pochete, que continha o documento de um veículo Fusca, de cor bege, com as mesmas características do que caiu no rio.

Familiares foram acionados e entraram e desespero ao reconhecer o corpo de Ilton Carlos Pereira, que morava no bairro Ivoturucaia, em Jundiaí. Um dos familiares precisou ser amparado pelo sargento Bedani, da 2º Companhia de Polícia Militar de Jundiaí, que acompanhava o registro da ocorrência.

O corpo foi periciado e recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, onde seria submetido à necropsia e depois liberado para sepultamento.