Desafio Indígena reúne 150 ‘lobinhos’ em Jundiaí

Por em 19 de abril de 2015
Jornal de Itupeva

Em homenagem ao Dia do Índio, comemorado neste domingo, dia 19 de abril, o 16º Distrito Escoteiro de Jundiaí promoveu um “Desafio Indígena”, que reuniu cerca de 150 ‘lobinhos’, que são crianças entre 6 e 10 anos, integrantes de 7 Grupos Escoteiros da região.

O evento aconteceu no Parque da Cidade, em Jundiaí, completamente voltado à cultura indígena, com diversas atividades atrativas e envolveram agradaram as crianças participantes, como música, dança circular, atividades e brincadeiras originais indígenas e pintura corporal de várias etnias.

A coordenadoria distrital preparou uma programação especial, com montagens de bases por onde as crianças se revezavam em atividades competitivas, entre elas o ‘puxa cabos’, arco e flecha, corrida de toras, bola com cabeça e vôlei de petecas, que são atividades desenvolvidas por tribos indígenas do Brasil.

O evento também teve o lado social, com arrecadação de alimentos, material de higiene e limpeza para ajudar a comunidade indígena do Jaraguá, que hoje passa várias dificuldades, a manter o seu povo em condições dignas de sobrevivência.

Para a coordenadora do Ramo Lobo, Maria Bernadete Amaral Carneiro, o evento foi um grande sucesso e garantiu o sorriso no rosto de cada criança, além de terem evidenciado a cultura indígena e também novos valores, dentro do movimento escoteiro.

“A adrenalina aqui está a mil e estamos felizes por ver essa quantidade de crianças, aqui no Parque da Cidade, envolvidas nesse projeto nosso de trabalhar a cultura indígena. Com toda certeza no final do dia vamos ver o sorriso no rosto de cada criança, demonstrando que o evento foi muito bom, e não tem nada que paguei isso”, disse, Bernadete.

Participaram do ‘Desafio Indígena’ os grupos: Curuqui, Itupeva, Ivoturucaia, Capela, João Paulo II, Dom Gabriel e Serra do Japi.

História do Dia do Índio

Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540.

Origem da data

Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste contimente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.

No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.