Vacinação contra gripe será realizada por fases

Por em 25 de abril de 2016
Jornal de Itupeva

A Secretaria Estadual de Saúde divulgou hoje documento com as etapas da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza para cidades do interior de São Paulo, inclusive Itupeva, que se inicia nesse sábado, dia 30, conforme segue:

1ª. Etapa: a partir do dia 30 de abril: APENAS para crianças entre 6 meses e 4 anos de idade, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas.

2ª. Etapa: a partir do dia 9 de maio: pessoas com 60 anos ou mais de idade.

3ª. Etapa: a partir do dia 16 de maio: as pessoas com comorbidades e os reclusos.

Após o dia D, de vacinação, no sábado, a campanha segue durante a semana nas unidades de saúde, apenas para os grupos destacados na primeira etapa. Idosos começam a receber a vacinação a partir do dia 9 de maio e pessoas com morbidades e reclusos a partir do dia 16.

O secretário municipal de Saúde, Dr. Marco Ferrari, ressalta que a vacinação é importante e solicita aos grupos que respeitem o calendário divulgado, que é uma exigência da Secretaria de Saúde do Estado: “Será preciso compreensão da população, no caso, dos idosos e pessoas com morbidades, que não receberão a vacina já nessa semana, mas a partir da próxima e da seguinte, poderão se vacinar também. Então, não adianta procurar uma unidade de saúde nessa semana, pois a vacina só está liberada para crianças entre 6 meses e 4 anos de idade, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas”.

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza tem como objetivo reduzir as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus na população alvo da campanha, como gestantes, idosos e pessoas com comorbidades, as quais têm mais risco de adoecer. O Ministério da Saúde reforça que, além da vacinação, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe. Medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas que facilitam a transmissão de doenças respiratórias, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, utilizar álcool gel nas mãos e, caso julgue necessário, utilizar máscara de proteção.

A Prefeitura espera vacinar cerca de 12.000 pessoas nos grupos prioritários em 2016, sendo 3.924 crianças com idade entre seis meses e quatro anos e 3.716 idosos com idade superior a 60 anos.

Em 2015, 8.546 foram vacinadas de um total de 11.203 estimado para o ano, cerca de 77%.

A Campanha Nacional imunizou 84,3% do público-alvo, ultrapassando a meta de vacinar 80%, formado por 49,7 milhões de pessoas consideradas com mais riscos de desenvolver complicações causadas pela doença.

De acordo com o ministério da Saúde, o medicamento é contraindicado apenas a pessoas com histórico de reação anafilática em doses anteriores e a quem tem algum tipo de alergia grave à proteína do ovo.