Suspeito de matar ambulante é preso em Itupeva

Por em 28 de dezembro de 2016
Suspeito de matar ambulante é preso em Itupeva

Ricardo Martins do Nascimento, de 21 anos, suspeito de matar o vendedor ambulante Luiz Carlos Ruas, 54 anos, foi preso em Itupeva, na noite dessa terça-feira (27).

O outro suspeito, Alípio Rogério Belo dos Santos, de 26, continua foragido. Ele continua foragido, mas a polícia acredita que ele pode ser encontrado nas próximas horas, já que estão fazendo buscas pelo litoral de São Paulo, onde ele pode estar escondido.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que Ricardo foi preso em uma chácara localizada na cidade de Itupeva, divisa com a cidade de Vinhedo.

Uma recompensa de R$ 50 mil foi oferecida a quem fornecer informações que levem à prisão dos suspeitos, que são primos.

Ruas foi espancado e morto, segundo a polícia, às 22h25 de domingo, noite de Natal.

Segundo testemunhas, o ambulante vendia salgados e refrigerantes do lado de fora da estação quando dois homens se desentenderam com ele e passaram a agredi-lo. O ambulante defendia moradores de rua, um deles uma travesti, que também foram agredidos pelos dois suspeitos.

O vendedor tentou correr até a bilheteria da estação na Estação Pedro II do metrô, mas foi atingido por vários golpes e caiu no local. Ele foi socorrido e levado a um hospital por agentes de segurança do Metrô, mas não resistiu aos ferimentos.

O advogado dos acusados, Marcolino Nunes Pinto, diz que eles agiram em legítima defesa e que Alípio não vai se entregar. “Ele não vai se entregar, porque a gente vai tentar a revogação da prisão dele, para que ele compareça espontaneamente. Quando é decretada a prisão temporária, essa prisão é para investigação. Eles não estão se opondo à investigação”.