PM é chamada para resolver briga e encontra R$ 3 milhões

Por em 14 de abril de 2017
Jornal de Itupeva

Segundo tenente, comerciante foi detido porque não soube explicar origem do dinheiro

Um comerciante de 59 anos foi preso nesta quinta-feira (13) no centro de São Paulo com uma fortuna dentro de um escritório. Ele guardava quase R$ 3 milhões em dinheiro vivo no local.

A Polícia Militar chegou até o escritório após um chamado por disparo de arma de fogo. Tratava-se de uma briga, mas ao verificar o estabelecimento, os PMs localizaram a enorme quantia em dinheiro.

Segundo o tenente da PM Fábio Ferreira, ao ser questionado, Adolfo Cardoso de Araújo não soube explicar a origem do dinheiro e também falou que o montante não havia sido declarado à Receita Federal.

Os policiais ainda encontraram uma arma, munições e joias com o comerciante. Ele recebeu voz de prisão e ainda tentou subornar os agentes.