Itupeva encerra o Jori entre as dez melhores cidades

Por em 5 de fevereiro de 2018
Itupeva encerra o Jori entre as dez melhores cidades

Itupeva se despediu do 22º Jori (Jogos Regionais do Idoso) nesse domingo (4) com bons motivos para comemorar. Esta foi a segunda vez na história que os itupevenses terminaram entre os 10 melhores. As principais conquistas ficaram por conta do tênis de mesa, que faturou ouro e prata; e pelo tênis, que conquistou também uma prata. Os três atletas vão representar Itupeva na final estadual em Praia Grande, de 27 de março a 1 de abril. O atletismo itupevense também voltou com uma medalha de bronze.

“No ano passado conquistamos a melhor classificação na história, o nono lugar, e ficamos bem próximos de repetir essa posição, foi por muito pouco. Ainda assim, o décimo lugar foi mais uma excelente conquista de nossa melhor idade, que representou mais uma vez a cidade com muita dignidade. Agradeço novamente a todos os participantes, à comissão técnica e professores, à Fareva que nos apoiou, à secretária de Desenvolvimento Social, Aline Alves; à presidente do Fundo Social, a primeira-dama Dani Marchi; e principalmente ao prefeito Marcão Marchi, que não tem poupado esforços para valorizar o esporte na cidade, com investimento em todos os setores”, avaliou o secretário de Esportes e Lazer, Robinson Toledo.

Nesse ano, o Jori reuniu 44 cidades participantes (de 45 inscritas) e um total de 2089 pessoas envolvidas, entre atletas, comissão técnica, organizadores e arbitragem. Itupeva terminou na décima posição com 30 pontos. Jundiaí, com 147, foi a campeã, seguida por Sorocaba com 142 e Tatuí com 85,5.

A delegação itupevense contou mais uma vez com o apoio da Fareva, que forneceu as camisetas de competição para os quase 60 integrantes, entre atletas e comissão técnica, que foi formada por Robinson Toledo, Cristiane Toledo, Adriana Arista Silva, José Geraldo Ramos, Alessandra Gilioli e Anderson Redressi, além dos motoristas Gilberto e Daniel.

Confira como foi a participação dos itupevenses em cada categoria.

Atletismo: No masculino, terminou em 12º na posição geral. Ismael Theodoro Leme conquistou uma medalha de bronze nos mil metros, na categoria D (75 a 79 anos) e Antônio Marques chegou em nono. No feminino, a posição final foi 17º, com Rosely Chagas em nono e Alaide Csizmadia em décimo nos 1.200 metros rasos – categoria C (70 a 74 anos); e Maria Medina em sexto, na categoria D.

Bocha: Estreou com vitória por W.O. contra Paranapanema, mas foi derrotada em seguida por Cerquilho, por 18×14. Representaram Itupeva Antonio dos Santos e Jair de Godoy.

Buraco feminino: Perdeu para Votorantim por 2×0 na estreia e venceu Itararé por W.O. Nas eliminatórias, passou por Várzea Paulista (2×1), mas parou em Araçariguama (2×0) terminando na oitava posição. Dionete Pupo Antones e Maria de Lurdes Scapin formaram a dupla itupevense.

Buraco masculino: os itupevenses venceram São Roque (2×1), mas foram eliminados por Cerquilho (2×0). Divino Scapin e Paulo Kitano compuseram a equipe.

Coreografia: Se apresentou com 12 integrantes e conquistou um bom nono lugar, dentre os 22 competidores. A equipe foi formada por Adhemar da Costa, Idalina Quintiliano, João Batista Rodrigues, Kyoko Goyogi, Maria Alice Saccardo, Maria Aparecida Silva, Maria Fontolan, Milka Mitsujima, Nadir Borsari, Naoyoshi Toya, Rosely Chagas e Teresa Toya.

Dominó feminino: Venceu Santana do Parnaíba e Sorocaba, ambas por 4×0. Na eliminatória, perdeu para São Roque (4×1) e terminou em oitavo. A dupla foi formada por Luzia Sanchez e Oneube da Costa.

Dominó masculino: Estreou com vitória contra Itapetininga (4×1), mas perdeu para Avaré (4×0) e Campo Limpo Paulista (4×0), ficando na fase de grupos. João Batista Rodrigues e Yoshimiti Mitsujima formaram a dupla.

Natação: José Geraldo Ramos (Chinha) terminou em sexto lugar no nado costas 50m categoria B (65 a 69 anos) e Antonio Roberto Chagas (Beto) ficou com a sétima posição nos 50 metros livre categoria C (70 a 74 anos).

Tênis masculino duplas A (60 a 69 anos): Terminou em quarto lugar, depois de derrota para São Roque (7×0) e Sorocaba (8×1). Naoyoshi Toya e Toshiyuki Yamashita competiram por Itupeva.

Tênis masculino individual B (a partir de 70 anos): Yoshimiti Mitsujima terminou com a prata, depois de vencer Itu por 1 a 0, e vai representar a cidade na final estadual do Jori.

Tênis de mesa masculino A (60 a 69 anos): Firoyoshi (Claudio) Shihonmatsu foi o grande destaque da competição, tendo conquistado o ouro sem perder nenhum set. O mesatenista itupevense passou por Cerquilho, Louveira, Itu, Sorocaba e Tatuí. O atleta também está classificado para a etapa estadual.

Tênis de mesa masculino B (a partir de 70 anos): Deli Pereira também se destacou, ficando com a prata, depois de passar por Cabreúva, Salto, e Tapiraí, perdendo apenas para Jundiaí, na final. Ele também se garantiu para disputar a etapa estadual.

Truco: Estreou vencendo Itapetininga (2×0), mas perdeu para Araçariguama e Itararé, ambos por 2×1, e ficou na fase de grupos. Benedito Pires e Orador Oliveira disputaram nessa modalidade.

Voleibol adaptado feminino A (60 a 69 anos): Modalidade em que disputou pela primeira vez, perdeu para Salto (2×0) na primeira seletiva. Formaram a equipe Kyoko Goyogi, Lucília Soares, Maria Aparecida do Nascimento, Maria das Dores Carvalho, Milka Mitsujima, Teresa Toya e Vera Lucia Reis.

Voleibol adaptado masculino A (60 a 69 anos): Também disputando pela primeira vez, não passou por Tatuí na seletiva (2×0). A equipe foi formada por Adhemar da Costa, Antonio Marques, Antonio Chagas, Juracy dos Santos, Karl Otte, Orador Oliveira, Paulo Kitano, Sergio Soares e Toshiyuki Yamashita.