TRE notifica prefeitura a reformar prédio do Fundo Social

Por em 13 de março de 2018
Tribunal Eleitoral pede reformas para o prédio do Fundo Social

O imóvel que abriga o Fundo Social de Solidariedade em Itupeva terá de passar por reformas para atender solicitação da Justiça Eleitoral. O espaço também é utilizado como local de votação e precisa se adequar à questões como acessibilidade. Devido à obra, os cursos profissionalizantes gratuitos terão de aguardar o término da reforma para serem oferecidos à população.

“Recebemos duas notificações do Cartório Eleitoral para que a sede do Fundo Social passasse por adequações. Como este ano teremos a escolha de novo presidente da República, novos deputados, governador e senadores, precisamos deixar o prédio em condições conforme a solicitação da Justiça Eleitoral”, explicou a presidente do Fundo Social, primeira-dama Dani Marchi.

“As obras também vão servir para que possamos oferecer mais estrutura aos alunos dos cursos oferecidos pelo Fundo Social. O projeto prevê, entre outras ações, a criação de um espaço exclusivo para o bazar e também a ampliação de mais duas salas de aula, o que aumenta a possibilidade de mais vagas para a população”, completou Dani Marchi.

A reforma envolve ainda a adaptação dos banheiros existentes para acessibilidade dos usuários; alteração do local da recepção e da sala de manicure para melhor atendimento ao público; adequação do espaço existente para a cozinha dos colaboradores; execução de banheiro para os colaboradores e espaço exclusivo para área de serviço.

Com o projeto executivo pronto, a obra será contratada pela Prefeitura de Itupeva por meio de licitação. A expectativa é que os cursos possam ser retomados já no segundo semestre deste ano.