GCM persegue e prende acusado de furto em Itupeva

Por em 15 de maio de 2018
GCM age rápido e prende ladrão com carro cheio

A atuação rápida da Guarda Civil Municipal de Itupeva culminou com a prisão de um elementos, acusado da prática de furtos a residência, em Itupeva. Valdir Ramos dos Santos Junior (foto abaixo), morador de Sorocaba, chegou a fugir em disparada com o carro lotado de produtos furtados, atravessou o canteiro central da Rodovia Vice-prefeito Hermenegildo Tonoli e foi preso pela GGM.

A ocorrência começou por volta das 10h30 de hoje, terça-feira, dia 15, com a importante ligação de um vizinho da casa invadida, que achou estranha a movimentação de pessoas na casa ao lado. Ele viu que quando três elementos entravam e saíam com produtos, que de forma apressada eram colocados no interior de um Honda Civic, com placas de São Paulo, e acionou a Guarda Municipal.

Rapidamente para o local foi deslocada uma equipe, composta pelo subinspetor Nonato e pelos GCMs Seola e Fidêncio. Um dos acusados, que permanecia no interior do veículo durante o furto, ao perceber a chegada da viatura da GCM fugiu em alta velocidade.

Começava, então, uma perseguição pelas principais ruas e avenidas da cidade. Já imaginando que outros elementos estariam na residência, o GCM Nonato solicitou apoio via rádio, sendo designadas novas equipes para o local do crime.

Com o acelerador no máximo, o motorista do Honda Civic colocou em risco a vida de motoristas e pedestres, ultrapassando em locais proibidos, passando no semáforo vermelho e não obedecendo a ordem de parada.

Nas proximidades da Praça do Milênio, notando que seria alcançado pela viatura da GCM, o condutor do Honda tentou uma proeza que não deu certo. Ele avançou sobre o canteiro central, no intuito de atravessar a rodovia para despistar os GCMs. A tentativa não deu certo e, por ser baixo, o carro ficou preso às defensas.

No encalço, os guardas renderam o acusado que foi preso em flagrante. No interior do Honda Civic foram encontrados diversos produtos, entre eles 3 aparelhos telelevisores, um notebook e um monitor. Valdir Ramos dos Santos Junior será conduzido à Delegacia de Polícia de Itupeva, onde deverá ser ouvido pela autoridade de plantão.

Valdir tem várias passagens pela polícia e deixou a cadeia há cerca de 30 dias, onde cumpria pena pelo mesmo crime (furto). Ele disse à reportagem do Jornal de Itupeva que este foi o primeiro furto que cometeu após deixar a cadeia.

Equipes da Guarda Civil de Itupeva ainda procuram os outros dois elementos, que fugiram por uma mata nas proximidades da residência invadida. Os proprietários da casa invadida parabenizaram a ação dos guardas, que recuperaram todos os produtos levados e encarceraram um dos acusados do crime.