Regionais: Itupeva reafirma a força no esporte

Por em 17 de julho de 2018
Regionais: Itupeva reafirma a força no esporte

A força do esporte itupevense foi reafirmada na edição número 62 dos Jogos Regionais. Disputada por 56 municípios em Cerquilho, Boituva e Tatuí, a competição teve neste ano a delegação itupevense entre as 12 melhores da 8ª Região Esportiva do Estado. Tirando a vice-campeã Jundiaí, os atletas e dirigentes de Itupeva garantiram a melhor colocação entre todas as cidades participantes da Aglomeração Urbana.

“Mais uma vez os atletas e comissão técnica representaram nossa cidade com muita dignidade, numa campanha que nos deixa orgulhosos. A formação esportiva é responsável pela inclusão social, integração, trabalho em equipe, disciplina e saúde, motivos que nos fazem apoiar cada vez mais estas ações em todo o município. Parabéns aos participantes de mais essa bela conquista”, parabenizou o prefeito Marcão Marchi.

Graças ao trabalho de resgate do esporte no município feito pela Prefeitura, Itupeva teve uma delegação formada por 220 pessoas, entre atletas e comissão técnica, que competiu em 22 modalidades. Com 45 pontos conquistados, a 12ª posição deixou a cidade melhor colocada do que muitos municípios com tradição na disputa. Alguns atletas e equipes conquistaram também classificação para a 82º edição dos Jogos Abertos “Horácio Baby Barioni”, que será realizada em São Carlos, em novembro.

“Parabéns de coração a todos os atletas, dirigentes, à equipe administrativa da secretaria, ao nosso prefeito Marcão Marchi e ao vice-prefeito Alexandre Mustafa. Nosso agradecimento também à JVA Compressores, pelo patrocínio neste ano”, comemorou Robinson Toledo.

Confira como foi a participação de Itupeva em cada modalidade:

Atletismo: Competiu com outras 36 cidades. Conquistou bons resultados nas etapas eliminatórias, mas não conseguiu chegar ao pódio;

Atletismo ACD: Modalidade em que Itupeva brilhou, com dez medalhas (cinco de ouro, duas de prata e três de bronze). Isaac de Freitas Silva foi o destaque, com três ouros. Dayane Bandeira levou duas de ouro. Marcos Adriano Olivato ganhou duas pratas e uma de bronze. Beatriz Pinheiro Araujo fechou o quadro de medalhas, com duas de bronze. Os medalhistas com ouro e prata se classificaram para os Jogos Abertos.

Basquete Feminino Sub20: Foi bronze, com vaga também para os Abertos;

Basquete Masculino Sub20: Enfrentou Tatuí, Jundiaí e Votorantim, mas não conseguiu se classificar;

Bocha: Itupeva terminou na sétima posição;

Capoeira: Representada pela primeira vez por meio do grupo Kizomba, conquistou um honroso sétimo lugar (masculino) dentre as 18 cidades na disputa;

Ciclismo: Os ciclistas itupevenses foram competitivos, mas não conquistaram medalhas;

Futebol Masculino Sub20: A equipe começou com uma boa vitória, mas não passou da fase de grupos;

Futsal Feminino Sub20: O jovem time se mostrou competitivo, mas não conseguiu passar pela fase de grupos. Terminou em sétimo;

Futsal Masculino Sub20: Depois de conquistar o vice-campeonato invicto ano passado, enfrentou na estreia o campeão Alumínio. Com derrota por apenas um gol de diferença, os itupevenses caíram na fase de grupos (só um time de cada grupo seguia na competição);

Karatê: Outra modalidade em que Itupeva subiu ao lugar mais alto do pódio. Foram dois ouros com Douglas Ramos – maior medalhista itupevense na história dos Jogos – e Wagner Lucio da Silva. Matheus Mafra e Julia Sangaletti de Souza conquistaram prata. Na classificação geral, Itupeva ficou em quarto lugar no masculino, que tinha 17 cidades; e em sétimo no feminino (competiram 16 municípios). Os dois atletas ‘dourados’ vão para os Abertos;

Malha: Modalidade em que Itupeva mais surpreendeu: quinta posição entre 17 equipes, melhor resultado do município na história dos Regionais;

Tênis de Mesa Masculino Sub20: Estreante nessa disputa, a equipe teve seis atletas do Nissei Clube e também de um projeto da Igreja Presbiteriana. Foram 13 cidades competindo;

Tênis Masculino Sub20: Davi Zancope e Pedro Marchi Castelo conquistaram o bronze, que também deu vaga para os Jogos Abertos;

Vôlei de Praia Feminino: As itupevenses passaram pela fase de grupos, mas caíram nas eliminatórias;

Vôlei de Praia Masculino: Doni Luis Lopes e Alexandre Sanches ganharam a medalha de bronze, mas ficaram muito próximos do ouro. A dupla perdeu a semifinal para Sorocaba (que disputa o circuito nacional e terminou campeã), mas se classificou para os Abertos;

Vôlei Feminino: Itupeva duelou com 15 equipes. Conseguiu a classificação na fase de grupos e terminou na sexta posição;

Vôlei Masculino: Com 19 equipes na disputa, Itupeva foi bem até cair para Tatuí. Terminou em quinto lugar.