Bom Jardim é campeão Veterano pela 7ª vez

Por em 23 de julho de 2018
Bom Jardim é campeão do Campeonato Veterano pela sétima vez

O Bom Jardim conquistou mais um título no Campeonato Veterano de Futebol neste domingo (22) – o sétimo no torneio, que chegou à 27ª edição. O Wogel, vice-campeão, venceu o segundo confronto da final por 3 a 2, mas precisava de pelo menos mais um gol para levar a decisão para a prorrogação – o Bom Jardim venceu a primeira partida da final por 4 a 2.

O prefeito Marcão Marchi e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, primeira-dama Dani Marchi, estiveram no estádio Mário Milani, no Centro de Lazer do Trabalhador (Campão), e parabenizaram os atletas. “Não só as equipes finalistas como todos que participaram da competição merecem nossos agradecimentos. O esporte agrega, une as pessoas, melhora a saúde e traz lazer às pessoas. Por isso, a Prefeitura vai continuar investindo para que ele seja cada vez mais acessível a todos”.

Além do título, o Bom Jardim também levou os troféus de melhor defesa e do melhor técnico do campeonato (Rafael Donizete Coelho). Com dez gols cada um,   os campeões Vicente José da Silva Filho e João Carlos Carolino também dividiram o troféu da artilharia com Márcio Aparecido Nóbrega, do Wogel – que terminou com o mesmo número de gols.

O terceiro lugar no campeonato ficou o Atlético Novo Horizonte, que ainda levou para casa o troféu de Fair Play.

Participaram da cerimônia de premiação o secretário de Esportes e Lazer, Robinson Toledo, o presidente da Câmara, Eri Campos, e os vereadores Cesar Farali, João Tosi e Osvando Ferreira dos Santos.

A partida – O Wogel precisava tirar a diferença no placar após a derrota na primeira partida da final, mas quem saiu na frente foi o Bom Jardim. Depois de acertar uma bola na trave, o campeão fez 1 a 0 logo aos 10 minutos, com Luiz Zacharias.

Quinze minutos depois, o Wogel empatou no gol de Márcio Nóbrega. A primeira etapa, no entanto, foi do Bom Jardim: antes do apito do árbitro, Luiz fez 2 a 1.

Na etapa complementar, Rildo Peixoto empatou aos 10 minutos e, aos 32, Adriano Alves fez o gol da virada do Wogel.

A partida seguiu tensa até os momentos finais. Com um jogador a menos – Eberton Carboni foi expulso aos 25 do segundo tempo – o Bom Jardim se defendeu da pressão adversária e levou o título assim – foi a única derrota em toda a competição.

“Isso é fruto de um trabalho que a diretoria vem fazendo há muito tempo e estamos colhendo os resultados. É meu segundo título no time e estou bastante feliz”, comemorou Rodrigo. Barbosa, goleiro do Bom Jardim.

O camisa 10 do Bom Jardim, Alexander França, que traz na bagagem a experiência do futebol profissional, também festejou: “É sempre bom ganhar. Quando você entra num campeonato existe a cobrança e fico feliz pelo resultado. Era um título que eu ainda não tinha em Itupeva. Agradeço a todos pois o campeonato foi muito bem organizado”.