Roda de conversa trata sobre amamentação nas UBSs

Por em 3 de agosto de 2018
Gestantes participam de roda de conversa sobre amamentação nas UBSs

O objetivo da Semana do Bebê é mostrar para pais e familiares como eles são importantes nos primeiros seis anos de vida de uma criança. Neste ano o tema escolhido é ‘Amamentação – O Alicerce para a vida’ e por conta disso, as Unidades Básicas de Saúde realizaram rodas de conversa sobre o assunto. Nesta quarta-feira (1) três espaços receberam os munícipes, em sua grande maioria, gestantes.

O primeiro local foi a Unidade de Saúde da Família do Santa Fé, que organizou a roda de conversa no mesmo momento da consulta. Quem orientou as futuras mamães sobre amamentação foi o ginecologista e obstetra Roberto Paulino Malaquias.

“As gestantes tiveram um momento para tirar dúvidas com o especialista e isso é super importante! A gente sabe que 80% das mulheres decidem se vão querer amamentar ou não. Por isso é essencial que a gente fale sobre esse assunto e que elas optem pelo leite materno”, explicou a coordenadora de Atenção Básica de Saúde, Teresa Pícolo.

Já na Vila São João, aconteceu uma parceria entre membros da USF do bairro com o CRAS Central – que presta serviços de assistência social. No espaço destinado à atividade, uma apresentação foi montada pelas agentes de saúde da USF e pela enfermeira Heloísa Helena Lebrero Simão, juntamente com a assistente social Maria José.

“Várias pessoas podem dar um monte de pitaco e dicas, mas o ideal é que a mãe perceba de qual maneira o bebê mais gosta de ficar durante o aleitamento materno. Se está com dificuldade é imprescindível pedir ajuda. Não é vergonha pedir apoio”, comentou a enfermeira Heloísa.

“Foi muito bom essa conversa. Aprendi bastante coisa e quero aprender mais com as meninas. Elas cuidam da gente com tanto carinho. Estão de parabéns pelo atendimento!”, declarou Lisiane Aparecida da Silva Ferreira, que espera por Miguel Henrique.

“Gostei bastante do encontro, sou mãe de primeira viagem e achei uma excelente oportunidade para aprender sobre o tema, pois todos dizem que é  muito difícil amamentar. É fundamental que as UBS tratem esse tema com as mães para já estarmos cientes dos desafios que vamos enfrentar e  também  saber onde podemos buscar instruções”, afirmou Pamella Silva, que espera por Oliver.

Entre os assuntos conversados na roda de conversa estão as dificuldades da amamentação, o apoio da família no pós parto, o que fazer quando há ingurgitamento mamário (leite empedrado), como realizar a doação de leite e relações sexuais durante o período gestacional.

Atualmente a região da Vila São João conta com 58 gestantes, que fazem o pré-natal na rede pública de saúde. Todas têm à disposição um grupo de gestantes, que se reúnem todas sexta-feira às 13h30.

Fechando as ações do dia, o Centro de Especialidades também organizou uma roda de conversa, que contou com os pacientes que aguardavam atendimento.