Traficante fazia ‘qualquer negócio’ em Itupeva

Por em 8 de setembro de 2018
Traficante trocava eletrônicos e celulares por drogas

Ao ser flagrado pela PM enquanto praticava tráfico de drogas, um criminoso confessou que ‘fazia qualquer negócio’ para vender drogas.

Um traficante de drogas foi preso na noite deste feriado, 7 de setembro, em Itupeva. A equipe ‘Alfa’, composta pelos cabos Belasco, Jardas e Fernando, pelos soldados Augusto, Jonatha e Mayumi e também pelo sargento Silvio, comandante da equipe, fazia patrulhamento pelo Bairro Nova Monte Serra quando, pela Rua Alfredo Domingos Rotondo avistaram um indivíduo que entregava embrulhos para um jovem.  A atitude chamou a atenção dos policiais, que se aproximaram e perceberam que a presença da polícia assustou a dupla. O jovem que havia recebido o embrulho correu e conseguiu fugir por uma mata. Já o indivíduo suspeito foi abordado, identificado pelo prenome Jhonata e revistado. Com ele foram encontrado dois invólucro contendo maconha.

Indagado sobre a procedência da erva proibida, Jhonata confessou que fazia tráfico de drogas no bairro. Ele também contou aos militares que em sua residência havia mais substância entorpecente, sendo encontrado no local mais 26 invólucros de maconha, R$ 1.200 em dinheiro (entre muitas moedas) e também diversos objetos ilícitos, que segundo ele recebia de viciados como pagamento pelas drogas e que fazia ‘qualquer negócio’.

Entre os produtos encontrados com o criminoso estavam vários celulares, notebook, dois consoles de vídeo-game X-Box, aparelhos de som e vários relógios.

Segundo os policiais, a maioria dos produtos é roubada, mas também existem casos que o viciado subtrai o produto da própria família para saciar seu vício.

Foi dada voz de prisão em flagrante à Jhonata, que foi conduzido à Delegacia de Polícia de Itupeva, onde o delegado de plantão ratificou o flagrante e encaminhou o acusado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.