Jean Wyllys pode ter que pagar indenização de R$ 100 mil a Bolsonaro

Por em 28 de janeiro de 2019
Jornal de Itupeva

Nos próximos dias, o presidente Jair Bolsonaro pode comemorar mais uma vitória, desta vez, no valor de R$ 100 mil. Segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”, a juíza Márcia Holanda, da 47ª Vara Cível do Rio de Janeiro, já tem nas mãos a sentença e a decisão deve sair nos próximos dias.

O processo contra o deputado é em decorrente de uma entrevista concedida ao jornal “O Povo”, em agosto de 2017, onde Jean teria ofendido Bolsonaro ao usar temos como “facista”, “racista”, “burro”, “ignorante” e “canalha”, sem, no entanto, mencionar o nome do presidente.

Para a defesa de Bolsonaro, embora Jean não tenha citado o nome, deixou claro que se referia ao presidente ao mencionar seu antigo partido, o PP, e por dizer que muitas pessoas o chamavam de “mito”.

Já está com a juíza Márcia Holanda, da 47ª Vara Cível do Rio, pronta para sentença, que deve sair nos próximos dias, uma das muitas ações envolvendo os arranca-rabos entre Jean Wyllys e Jair Bolsonaro.
Trata-se de uma ação indenizatória movida pelo presidente — que pede mais de R$ 100 mil — contra o deputado que está deixando o país após ter sido ameaçado por “bolsonaristas”.

Jean Wyllys renunciou seu mandato e já está na Espanha, onde passa a residir. Ele pretende dar aulas naquele país.