Homem agride idosa com canivete e vai preso

Por em 16 de fevereiro de 2019
Homem agride idosa com canivete e vai preso

Uma briga de casal mobilizou a polícia militar de Itupeva. O caso aconteceu por volta das 22 horas da noite de quinta-feira, dia 14. Os soldados Augusto e Maciel, comandados pelo sargento Silvio, receberam do COPOM a informação da agressão e se dirigiram até a Estrada do Quilombo, no Bairro Monte Serrat. A informação inicial dava conta de que um homem estaria armado de faca e agredindo a amásia.

Quando chegaram ao local, os militares verificaram que a porta da residência estava fechada com corrente e cadeado. Diante breve diálogo, o acusado das agressões abriu a porta e foi submetido a revista pessoal. A vítima, uma aposentada de 66 anos, estava muito assustada e apresentava lesões nos braços, mãos, costas e pescoço.

A vítima relatou que há dois dias vinha sofrendo agressões físicas por parte de seu amásio, J.L.G.A., de 34 anos, que teve sua ficha criminal averiguada por meio do Sistema Prodesp, onde constava inúmeras passagens pela polícia, entre elas por furto, roubo, danos, tentativa de furto e também como usuário de drogas e bebidas alcoólicas.

Na vistoria domiciliar foi localizado um canivete, que teria sido utilizado para golpear a vítima. Segundo relatou a idosa em Boletim de Ocorrência, o amásio teria lhe agredido porque queria dinheiro, já que atualmente está desempregado. Apesar de debilitada diante as agressões sofridas, a mulher disse que se os policiais não chegassem rápido, muito provavelmente o amásio a teria matado, visto que por várias vezes ele a golpeou com o canivete na região de seu pescoço. Em ato de defesa, mãos e braços também foram lesionados, inclusive com cortes profundos. O agressor confessou o crime para os policiais e recebeu voz de prisão em flagrante delito por tentativa de homicídio.

A idosa foi socorrida pela equipe até o hospital de Itupeva. Os dados foram apresentados na Delegacia de Polícia de Itupeva, onde foi lavrado o registro cartorário e o acusado foi conduzido para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.