Itupeva recebe a exposição fotográfica Bola de Rua 2

Por em 23 de abril de 2019
Itupeva recebe a exposição fotográfica Bola de Rua 2

Nesta terça-feira (23), o Paço Municipal de Itupeva estará recebendo a mostra individual do fotógrafo Caio Vilela, com o tema Bola de Rua 2. A exposição é uma viagem fotográfica pelos campinhos do futebol improvisados nas ruas das mais variadas cidades do País.

As imagens revelam como crianças e jovens compartilham a paixão pela bola, um fascínio que está na alma e na cultura do brasileiro, no qual mostram partidas realizadas na lama e até mesmo peladas organizadas por meninas ao redor de ocas ou por garotos à beira-mar. O fotógrafo também propõe reflexões que vão muito além da busca pela jogada perfeita.

“É, com imensa satisfação, trazer, para Itupeva, a fotografia. Ela, junto com o futebol, compõe uma das identidades culturais do país e, com isso, enseja a busca por novas artes.”, destacou Valdirene Pavan, secretária de Agricultura, Turismo e Cultura.

Criadas com base na Declaração Universal dos Direitos das Crianças, as legendas ressaltam as lições de cidadania que podem ser assimiladas em um simples, ou improvisado, campo de futebol.

“Trabalhar em equipe, valorizar as amizades e respeitar o espaço do outro são só alguns dos temas abordados na exposição que tem, com principal propósito, compartilhar ideias que contribuem para a integração e a proteção das crianças e dos jovens na sociedade”, comentou Caio Vilela.

A exposição, que já passou por Santos, Guarujá, Itanhaém, São Vicente, Jundiaí e Indaiatuba, é realizada pela Sorvetes Jundiá, com o apoio da Castelo Alimentos e do ProAc, em Itupeva, estará aberta ao público de segunda à sexta-feira das 8h às 17h, no Paço Municipal e vai até o dia 24 de maio.

Todas as imagens da exposição também compõem o livro Bola de Rua.

Sobre o Autor – Caio Vilela é geógrafo, fotógrafo e jornalista, nascido em 1970 em São Paulo. Para retratar o futebol em sua forma mais simples, viajou por mais de 100 países, visitou 28 regiões da Rússia e passou por todos os estados brasileiros.

Suas lentes capturaram peladas em campinhos de terra, asfalto, à beira-mar, em ruas estreitas de comunidades periféricas e até partidas na lama.

O autor do projeto Futebol Sem Fronteiras tem cinco livros publicados sobre o tema e exposições em Paris, Doha, Belgrado, Islamabad, Quito, Bogotá, Rio de Janeiro, São Paulo e outras cidades brasileiras.

Imagens que revelam o futebol no mundo árabe, registradas por ele, foram apresentadas na cerimônia da Fifa, durante o anúncio da escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022.