Comissária de bordo se destaca em Desafio de Sobrevivência

Por em 8 de maio de 2019
Comissária de bordo se destaca em Desafio de Sobrevivência

A comissária de bordo, Rosemary Martins Miotelo, 34 anos, moradora da cidade de São Paulo, foi a primeira e única mulher a integrar o Desafio de Sobrevivência da Via Radical Brasil. Ela conheceu a escola por meio de amigos relacionados a aviação e contou ao Jornal de Itupeva como surgiu o interesse em um curso de sobrevivência e também de sua experiência na participação do Desafio Radical.

“Meu interesse em fazer um curso de sobrevivência na selva surgiu no final de 2014, quando eu estava concluindo o curso de Comissária de Bordo. Eu estudava em casa sobre alguns acidentes aéreos e um deles em específico me chamou a atenção. O voo 254 da Varig, que teria como rota Marabá/Belém e que levava à bordo 48 passageiros e 6 tripulantes, acabou tomando sentido contrário de seu trajeto original e acabou caindo, matando 12 pessoas. E o que me chamou a atenção nesta tragédia foi que alguns dos mortos não morreram exatamente por conta da queda da aeronave, mas sim por não terem conhecimentos necessários que possibilitariam a sua sobrevivência na selva, até a chegada de um possível resgate. Ao contrário do que muita gente pensa, sobreviver em um ambiente totalmente de mata fechada, onde não se tem nenhum tipo de recurso, é muito difícil mas não impossível. Se você tem algum tipo de conhecimento, por menor que ele seja, já fará uma enorme diferença”, conta.

Rosemary iniciou o curso de sobrevivência com a Via Radical Brasil, Cursos e Esportes Radicais, delegação oficial IASA no Brasil (International Adventure & Survival Association), que é uma escola especializada em cursos de sobrevivência. Ela também falou ao Jornal de Itupeva das etapas superadas e um pouco do que aprendeu nos cursos.

“Iniciei o curso de sobrevivência na selva pela Via Radical Brasil, do Nível Básico até o Nível Avançado, onde obtive muitos conhecimentos em praticamente todas as áreas. Coleta de alimentos vegetais e animais, como fazer a filtragem correta da água, limpeza e preparação de alimentos usando somente meios naturais, construção de abrigos, uso de nós e amarração usando cipós, orientação com uso de bússola, GPS ou até mesmo sem uso de absolutamente nada somente pela orientação do sol ou mesmo da lua e das estrelas, noções básicas de mergulho e rapel e também noções básicas e necessárias de primeiros socorros, além da melhor forma de estudar um terreno para se fazer uma clareira na selva, facilitando a obtenção de um possível resgate”, completa.

A comissária de bordo também afirma que o curso de sobrevivência traz uma grande experiência e conhecimentos incríveis que se leva para a vida toda. Ela também contou como foi o convite para integrar o primeiro Desafio Radical de Sobrevivência do Brasil.

“Fiquei surpresa ao receber o convite do coronel do Exército Brasileiro, Marcelo Montibeller, mas não pensei duas vezes e no intuito de testar meus conhecimentos em todas as áreas da sobrevivência decidi aceitar o desafio. E por fim fiquei muito feliz em ter conseguido superar todas as dificuldades e finalizar o exercício com sucesso. A VRB é uma empresa especializada nesta área, à qual eu indico para todos que desejam realizar um curso de sobrevivência completo. Os instrutores são realmente capacitados em todas as áreas de atuação e a preocupação com a saúde e a segurança dos envolvidos são prioridades do curso e até arriscaria a dizer que são os pontos mais importantes de toda equipe”.

Rosemary finaliza com elogios à equipe da Via Radical Brasil e se diz estar emocionada por ter sido a primeira mulher a participar e concluir com êxito o 1º Desafio Radical de Sobrevivência do Brasil. “Deixo registrado o meu profundo agradecimento a todos da VRB, empresa que sempre nos proporciona cursos e diversas atividades que sempre nos faz aprender muito além do esperado. Não tenho palavras para descrever a minha felicidade em ser a primeira mulher a participar e concluir todo o Desafio com êxito. Essa conquista só foi possível graças a competência empenhada e dedicada de cada instrutor em cada curso que participei desta instituição. Mais uma vez muito obrigada e que venham mais Desafios como este. Com certeza, estaremos juntos novamente em 2020.