Câmara é iluminada em vermelho para incentivar doação de sangue

Por em 13 de junho de 2019
Jornal de Itupeva

Desde o dia 1º deste mês, o Brasil está realizando a Campanha Junho Vermelho, de incentivo à doação de sangue. Para promover a campanha, durante o mês, a Câmara estará iluminada em vermelho. Nesta semana, no dia 14, também é celebrado o Dia Mundial do Dador de Sangue, data que busca conscientizar sobre a necessidade e importância das doações regulares.

Lançada no estado de São Paulo, a campanha Junho Vermelho virou lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386) e passou a ser promovida em todo o país. De acordo com informações da Agência Brasil, o mês foi escolhido por conta de redução significativa nos estoques de bancos de sangue, públicos e privados, nesta época do ano, por conta da queda de temperatura, que propicia aumento da incidência de infecções respiratórias, e do início das férias escolares.

Uma pesquisa realizada em 2017 pelo Eu Dou Sangue, em parceria com o Instituto Datafolha, apontou que cerca de 92% dos brasileiros não doaram sangue entre junho de 2016 e junho de 2017. A pesquisa também mostrou que quase 40% dos brasileiros entrevistados admitiram não saber qual é seu tipo de sangue.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que os países tenham, pelo menos, entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente. No Brasil, o índice fica em 1,8%, muito abaixo de países considerados referência, como alguns europeus, que atingem até 7%.

Onde doar sangue:
Quem tiver interesse em doar sangue, pode procurar a Colsan – Associação Beneficente de Coleta de Sangue, em Jundiaí, que fica na Rua XV de Novembro, 1848. O atendimento é feito de segunda a sábado, das 7h30 às 12h30 (exceto feriado). Estacionamento gratuito: Av. dos Ferroviários, 2100. Telefone para contato: (11) 4521-4025.

Homens podem doar a cada dois meses, até no máximo quatro vezes no período de 12 meses. Já para mulheres, o intervalo mínimo é de três meses, com máximo de três vezes no período de 12 meses.

Para doar sangue você deve:
·         Portar documento oficial e original de identidade com foto e dentro do prazo de validade (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação);
·         Ter entre 16 e 69 anos de idade*, sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos;
·         Pesar acima de 50 quilos;
·         Estar em boas condições de saúde;
·         Estar alimentado, porém tendo evitado refeições pesadas (gordurosas) nas 3 horas que atecedem a doação.

*Observação: Os doadores menores de 18 anos acompanhados por um adulto, maior de 21 anos, deverão levar o Termo de Autorização de doação de menor de idade preenchido, com firma reconhecida em cartório, documento de identidade original com foto do menor e do responsável legal e cópia simples do documento de identidade de ambos que ficarão arquivadas na instituição.
O reconhecimento de firma é dispensável com a presença do responsável legal do começo ao fim da doação e a assinatura constante na cópia do documento de identidade apresentada deve ser idêntica à do Termo de Autorização.