‘Arrepiado’ é preso por agredir a mãe e esfaquear o irmão em Itupeva

Por em 14 de agosto de 2019
Jornal de Itupeva

Já conhecido no meio policial e com várias passagens pelo crime de tráfico de drogas e também por homicídio, um indivíduo conhecido pelos apelidos de “Pico” e “Arrepiado” foi preso pela Polícia Militar de Itupeva na noite desta terça-feira, da 13 de agosto. Desta vez ele está sendo acusado de agredir a mãe e de tentar matar o próprio irmão com seis facadas no pescoço.

Os policiais militares, cabos Fernando e S. Costa e soldados Feitosa e Mayumi, lotados no 2° Pelotão de Polícia de Itupeva, patrulhavam a cidade quando receberam um chamado via COPOM, com a informação de uma ocorrência de agressão com vítima de esfaqueamento pelo Vale das Pedras.

No local, os policiais encontraram com populares que informavam que ‘Arrepiado” havia acabado de dar 6 facadas no irmão. O crime havia ocorrido durante uma discussão familiar, quando o irmão do acusado teria tentado defender a mãe, que era agredida a socos no rosto quando foi esfaqueado.

Como as vítimas já haviam sido socorridas por familiares, os policiais iniciaram patrulhamento com vistas ao agressor, que havia fugido rumo ao bairro Portal das Mangas. Ele foi localizado quando caminhava por uma rua do residencial Botânica, também na região do bairro Monte Serrat. Cercado e sem chance de fugir, “Arrepiado” foi abordado e acabou confessando que havia esfaqueado seu irmão. Ele também informou que jogou a faca usada para golpear seu irmão no meio do mato, não sabendo informar o local exato, uma vez que estaria ‘transtornado’.

Os policiais conduziram o acusado até o Pronto Socorro de Itupeva, uma vez que também apresentava ferimentos provocados durante a luta corporal com seu irmão. No hospital, os policiais encontraram com a mãe do acusado, que apresentava ferimentos no rosto causados pelo filho.

A vítima mais grave foi “E.”, que deu entrada no hospital com 6 facadas na região do pescoço.  Devido a gravidade dos ferimentos, ele seria transferido com urgência para o Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, onde seria submetido a intervenção cirúrgica. Segundo a equipe médica que prestou os primeiros socorros, ele corria risco de morte.

“Arrepiado” foi conduzido à Delegacia, onde a autoridade Policial, dr Orli, ratificou a voz de prisão por tentativa de homicídio e determinou a recolha do acusado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde permaneceria à disposição da Justiça.

Caso a vítima venha a falecer, a natureza do boletim de ocorrência passará de tentativa de homicídio para homicídio.

O sargento Silvio esteve no local e parabenizou a equipe militar que chegou rápido e conseguiu prender o acusado. Ele também acompanhou a ocorrência que terminou somente na madrugada de hoje, quarta-feira (14).