GM e PM atuam juntos e prendem traficantes em Cabreúva

Por em 17 de setembro de 2019
Jornal de Itupeva

Durante rondas realizadas pela Avenida Espanha, no bairro Vilarejo, em Cabreúva, a equipe do Canil Municipal foi acionada por um transeunte e informou que pela viela que liga as ruas Pouso Alegre com a Montes Claros, no bairro Novo Bonfim, um indivíduo de prenome Ronaldo estaria realizando tráfico de entorpecentes pelo local.

A pessoa ainda teria informado que a droga estaria escondida dentro da casa de Ronaldo.

Devido o local ter sempre uma certa aglomeração de pessoas e de ser conhecido como ponto de tráfico, foi solicitado apoio à Polícia Militar.
Ao chegarem no local indicado, guardas e policiais localizaram R.S.V., 34 anos, no interior da residência. O acusado estava com um pote de plástico nas mãos, alegando que em seu interior teria apenas café, mas ao ser verificado o conteúdo foi constatado que lá estavam R$ 407,70 em dinheiro e também 14 pinos de crack e 29 pinos de cocaína.

Diante as evidências de crime de tráfico de drogas, o cão Aruck foi acionado para fazer uma verificação mais apurada no local, onde o mesmo obteve êxito em encontrar no interior de um vaso, que estava escondido debaixo do armário na cozinha, a quantia de 49 trouxinhas de maconha. Diante dos fatos, R.S.V. e também a proprietária do imóvel que estava no local, M.A.D., de 51 anos, foram conduzidos ao 1º DP de Cabreúva.

A ocorrência foi relatada ao escrivão Ad hoc Gregório, que deu ciência dos fatos ao Delegado de Polícia, dr Orli De Moraes, autoridade que ratificou a voz de prisão para R.S.V e também à M.D.A pelo crime de tráfico de entorpecentes. Uma terceira pessoa, que também estava no local, foi ouvida e liberada por não ter ficado evidenciada sua participação no crime.

Participaram da ação que culminou com prisão dos acusados e também da apreensão do entorpecente os Guardas Municipais: Marcelo, Robson e Thiago (Canil Municipal); Zachi e Andrade e também o comandante Batalha e o Inspetor Galvão. No apoio estavam o tenente Yuri e o soldado Bruno Dias (Comando Força e Patrulha); o sargento Delgemo e o soldado Pietro (Comando de Grupo Patrulha); e os soldados Cleverson e Felype Ap.