Empresa abandona obra e passarela “empaca” em Itupeva

Por em 18 de novembro de 2012
Enquanto o Departamento de Estrada de Rodagem ‘cobra’ providências da empresa Singulare, a população de Itupeva sofre com muito lixo, abandono e com o perigo de se atravessar a rodovia.

Há quase 3 meses, as obras de construção da passarela sobre a rodovia vice-prefeito Hermenegildo Tonoli estão paradas. Localizado entre os bairros Pacaembu, Santa Fé e Ana Luiza, o canteiro de obras causa, inclusive, má impressão aos visitantes. Até poucos dias, um banheiro químico, que foi implantado para o uso dos funcionários estava caído, jogado entre as escadarias de concreto e materiais utilizados na obra.

Segundo o Departamento de Estrada de Rodagem (DER), órgão que fiscaliza a obra, o responsável pela construção da passarela é a empresa Singulare, que não apresentou motivos ou sequer se manifestou sobre a paralisação.

Ao ser questionado por uma emissora de televisão, o DER informou que a empresa Singulare deverá ser multada e que seu contrato será rescindido. Ainda não há prazo sobre a retomada da obra.

Enquanto isso, o local permanece ocupado pelos gigantes blocos de concreto. E a população, como sempre, sofre com o risco constante de se atravessar a rodovia.