Ativistas usam a nudez para chamar atenção

Por em 20 de dezembro de 2012
À esquerda, a ativista egípcia Aliaa Elmahda durante o movimento.

A ativista egípcia Aliaa Elmahda (esq.) se uniu no dia 20 de dezembro a integrantes do movimento feminista ucraniano Femen para protestar contra o projeto da nova Constituição de seu país em frente à embaixada do Egito, em Estocolmo, na Suécia.

As ucranianas do Femen são conhecidas por usar a nudez para chamar a atenção para suas causas. Em carta, Elmahda critica a adoção de partes da sharia (lei islâmica).

No Canadá

No último dia 12 de dezembro, outro movimento do gênero atraiu a atenção da imprensa mundial. Seminuas, manifestantes do Peta protestaram nas ruas de Ottawa, no Canadá. Jovens se fantasiaram de anjos para pedir que as pessoas não consumam produtos feitos com couro, lã ou peles de animais. Em um cartaz, as jovens canadenses pedem: “seja um anjo: não use animais”