Salário de R$ 678 passa a valer hoje

Por em 1 de janeiro de 2013
Jornal de Itupeva

O salário mínimo do trabalhador brasileiro passa a ser de R$ 678 a partir desta terça-feira (1º).

O reajuste do mínimo, garantido por uma MP (Medida Provisória) e anunciado na véspera de Natal (24), é de quase 9% em relação ao valor atual, de R$622. Os R$ 56 extras cairão na conta dos brasileiros que ganham o piso da remuneração no País no dia 1º de fevereiro.

O aumento levou em consideração a variação real de crescimento do País no ano passado, que foi de 2,7%, mais o índice da inflação deste ano, que está estimado em 6,1% — entenda o cálculo no quadro abaixo.

A proposta da Lei Orçamentária de 2013 previa o mínimo em R$ 674,96 a partir de janeiro.

Isenção para PLR de até R$ 6.000

Na mesma medida provisória, o governo também isentará do Imposto de Renda, a partir de 2013, valores de até R$ 6.000 recebidos por participação em lucros e resultados. O impacto dessa isenção nos cofres públicos será de R$ 1,7 bilhão no ano que vem.

Acima de R$ 6.000,01 e até R$ 9.000, a alíquota será 7,5%. Entre R$ 9.000,01 e R$ 12.000, a taxa será de 15%.

Nos ganhos entre R$ 12.000,01 e R$ 15.000, a alíquota será de 22,5%, e acima de R$ 15.000,01 o imposto será de 27,5%.
A isenção do IR sobre a PLR tinha sido anunciada em maio e, desde então, governo e centrais sindicais discutiam o tamanho dessa isenção.

O ministro Gilberto Carvalho, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, defendia isenção máxima de R$ 6.000. Por outro lado, representantes de centrais sindicais queriam, no mínimo, R$ 10 mil.