Esporte, Juventude, experiência e cultura

Por em 15 de janeiro de 2014
Jornal de Itupeva

Juventude, experiência, esporte e cultura, esses são os ingredientes do ‘Férias Quentes’

Oferecendo uma série de atividades nestas férias o projeto “Férias Quentes” vem desenvolvendo em Itupeva a integração sociocultural das crianças por meio da prática esportiva e cultural desde o dia 6 deste mês.

“Pensamos junto com as secretarias do governo uma maneira de ocupar esse tempo ocioso das crianças que não tem muita opção de lazer neste período, ao mesmo tempo, ajudar a lapidar o futuro cidadão que queremos para nossa cidade”, destacou o prefeito Ricardo Bocalon.

Em parceria as Secretarias Municipais de Educação e Cultura e Esportes e Lazer oferecem atividade que tem como objetivo desenvolver integração sociocultural das crianças por meio da prática esportiva e cultural durante as férias.

Cultura

“Este governo tem uma responsabilidade social grande o que nos dá atribuição de encontrar soluções como esta que utiliza prática esportiva em conjunto com a diversidade de cultura para diminuir esse abismo social e suprir o tempo livre que essas crianças têm”, explicou a Secretária Municipal de Educação e Cultura e primeira dama Idelma Bocalon, ressaltando o caráter integrador do projeto.

As ferramentas usadas pela secretária durante este mês de janeiro nos Férias Quentes são: Cultura Verde (horta com garrafas pets); Instrumentos Musicais Recicláveis; Improvisação Musical e Oficina de Teatro.

Cultura Verde: Fazer uma horta de ‘pets’ nesta atividade é muito mais que ato de ‘cultivar’ o meio ambiente ao reciclar garrafas pets e do o cultivo da terra, mas sim uma aula de cidadania na prática para as crianças, que entre o oficio de plantar e a consciência da reciclagem recebem explicações de profissionais da educação e cultura sobre o processo do plantio e dos benefícios que essa iniciativa causa no meio ambiente.

Instrumentos Musicais Recicláveis: Com materiais recicláveis como papel, lata e plástico e reaproveitáveis como madeira é possível fazer violões, flautas, instrumentos de percussão entre outros, pelo menos é o que acontece nas mãos dessas crianças que participam do projeto, com o intuito de não apenas aprender e ser iniciado na cultura musical, mas integrar a vivencia e criatividade da criança na fabricação do instrumento.

Improvisação Musical: Dando continuidade à experiência entre as crianças e a música, nesse espaço elas têm a liberdade para criar coisas novas por meios do improviso, sempre acompanhadas do instrutor que faz a parte rítmica da canção e incentiva que as crianças a tocarem junto com ele no piano experimentando novas sonoridades.

Oficina de Teatro: Cenas realizadas diariamente de textos adaptados do quadro ‘Batman e Robin’ do programa humorístico A Praça é Nossa para uma linguagem mais acessível às crianças com o intuito de que elas tenham contato com as artes cênicas e despertar de um possível talento para o teatro.

Esporte:

“Usar atividades esportivas e culturais para dar dinâmica e convivência em grupo para essas crianças é apenas um início para lá na frente avançarmos um estágio, uma semente que está sendo plantada, mas que dará frutos mais tarde quando colhermos cidadãos”, disse o Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Juarez Pereira Gomes, acreditando que o projeto será uma ferramenta para a formação desses jovens.

Em um total de 4 educadores esportivos trabalham diariamente atividades como bola de gude; cabo de guerra; futebol de caixote, pular corda, amarelinha entre outras com a finalidade de trabalhar e desenvolver a coordenação motora das crianças, além da socialização e trabalho em grupo.

Norberto José da Silva e Oscar Zacarias, conhecido como ‘Tilão’, se destacam dos outros educadores no Férias Quentes, pela idade, os dois são os mais velhos entre os professores da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL), Norberto 55 e Tilão com 64 anos, falam com prazer sobre a oportunidade de trabalhar com as crianças.

Com 37 anos de profissão, Norberto, trabalhou com crianças em diversas partes de sua carreira de professor e educador físico, vê com bons olhos o intuito do projeto e fala do saldo positivo que isso deixará para as comunidades mais carentes:

“Tem todo o lado de ocupar o tempo livre da criança, oferecer lazer entre outras coisas, mas o ‘Férias Quentes’ não só isso, ele vem resgatar as comunidades mais carentes para a participação dela em atividades físicas e recreativas que são desenvolvidas para elas.”.

Há 14 anos trabalhando na formação de jovens atletas na modalidade do futsal, Tilão, participou de grandes momentos do esporte em Itupeva, como o vice-campeonato da Copa TV Tem que o futsal feminino conquistou do ano passado, mas o seu grande tato é para desenvolver a prática esportiva na vida das crianças, algo que já vem sendo seu ofício há mais de uma década, ele fala ter notado durante a realização do projeto neste mês potencial para ser trabalhado em alguns alunos:

“Já deu para notar que algumas crianças que temos aqui são diferenciadas para a prática esportiva de auto nível, podendo quem sabe em um futuro próximo representar nossa cidade em grandes competições.”.