Auxiliar é preso após esfaquear a esposa

Por em 10 de fevereiro de 2014
Jornal de Itupeva

Um homem foi preso pela Polícia Militar de Itupeva na madrugada de hoje, segunda-feira (10 de janeiro), após golpear o abdome da esposa com uma faca de cozinha.

De acordo com informações da Polícia, o cabo Elvis e o soldado Godoi foram acionados, via Copom, para atender a uma ocorrência de desinteligência familiar, com o registro de vítima grave.

De imediato, os militares foram para o local dos fatos, na rua Walter Fregnani, no bairro Nova Monte Serrat, onde foram informados que a vítima, Maria J. L., após discutir com seu amásio, foi atingida por um golpe de faca de cozinha, desferido pelo próprio marido.

O acusado, Genivaldo A. B., 44 anos, fugiu do local após a tentativa de homicídio.

A vítima foi resgatadas por socorristas do Serviço Municipal de Ambulâncias de Itupeva e levada até o Hospital Nossa Senhora Aparecida, onde permanece internada.

A faca usada no crime foi entregue aos policiais, com aparente marca de sangue. Após colherem informações sobre o ocorrido, bem como sobre o estado da vítima, os policiais foram até a delegacia para registrar a ocorrência, momento em que receberam um novo chamado, que informava que o autor da facada teria voltado à residência, onde tudo aconteceu.

Os policiais retornaram ao local e abordaram Genivaldo, que recebeu voz de prisão por tentativa de homicídio. Conduzido à delegacia, ele foi apresentado ao delegado de plantão, Ruiter Martins da Silva, (Escrivão Amílcar) que ratificou a voz de prisão por Lesão Corporal (Artigos 129, inciso 9 do Código Penal Brasileiro e pela Lei 11340/03 “Lei Maria da Penha”).

Genivaldo foi conduzido ao Centro de Triagem de Jundiaí, onde permanecerá à disposição da Justiça. Por se tratar da Lei Maria, não houve arbítrio de fiança, uma vez que de acordo com Boletim existem razões claras para a decretação de prisão preventiva.