Facebook anuncia compra do WhatsApp

Por em 20 de fevereiro de 2014
O Whatsapp tem mais de 400 milhões de usuários ativos e é o aplicativo de mensagens instantâneas com maior número de usuários hoje

O Facebook anunciou na tarde desta quarta-feira, (19), que adquiriu o serviço de mensagens instantâneas Whatsapp por US$ 16 bilhões – US$ 12 bilhões em ações e US$ 4 bilhões em dinheiro.

Em um comunicado divulgado ainda na tarde desta quarta-feira (19), o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que o “WhatsApp está no caminho para conectar 1 bilhão de pessoas. Os serviços que atingem esta marca possuem um valor incrível”.

Ainda de acordo com a nota divulgada pela rede social, dos US$ 16 bilhões, cerca de US$ 4 bilhões serão em dinheiro, enquanto o restante, US$ 12 bilhões, serão pagos em ações do Facebook.

O Facebook deve usar mais US$ 3 bilhões para doações de ações para empregados do Whatsapp. O Whatsapp tem mais de 400 milhões de usuários ativos e é o aplicativo de mensagens instantâneas com maior número de usuários hoje. No passado, já correram boatos de compra da empresa pelo Google e pelo Facebook.

O CEO e fundador do WhatsApp, Jan Koum, irá se juntar ao Facebook como executivo e se tornar parte do conselho diretor da rede social.

Segundo comunicado à imprensa do Facebook, a aquisição apoia a missão “conjunta” das duas empresas de “trazer mais conectividade e utilidade ao mundo” entregando serviços de modo “eficiente e acessível”.

A negociação chega ao fim após anos de rumores sobre processos de compra do WhatsApp, que começaram ainda em 2012, quando a companhia de Mark Zuckerberg disputava com o Google a preferência pelo negócio.