Produtos do Brasil em promoção após derrota

Por em 13 de julho de 2014
Reprodução

As vendas praticamente pararam, apesar da redução dos preços. Vendedores reclamam de produtos encalhados no estoque.

Comerciantes que vendiam camisas com seis estrelas afirmam que vão guardar para o próximo Mundial.

A derrota do Brasil por sete a um para a Alemanha, na última terça-feira, também representou derrota para quase que a totalidade dos comerciantes. Na quarta-feira, produtos como camisas e bolsas verde e amarelo já estavam com placas de descontos, que chegavam a quarenta por cento.

A redução nos preços, no entanto, não foi suficiente para animar compradores. Somente turistas e brasileiros que queriam presentear amigos circulavam pelo local.

Entre os vendedores, o clima era de desânimo. Quem caminhava pela rua 25 de Março, uma das mais populares de São Paulo, via fácil o descontentamento. A vendedora de uma das lojas estava frente a uma arara de camisas do Brasil com seis estrelas, em alusão ao hexacampeonato, mas disse que, após a derrota, não esperava vender nem uma peça sequer.

A maior parte das lojas vai precisar estocar as mercadorias e há preocupação com a degradação do material, que pode não aguentar as intempéries do armazenamento por quatro anos.

Alguns lojistas já admitem que mais da metade dos produtos que sobraram seja vendida. A diretriz dos lojistas é que todos os produtos relacionados ao mundial tenham, no mínimo, 30 por cento de desconto.