Acidente grave mobiliza Resgate no Centro de Itupeva

Por em 20 de julho de 2014
Jornal de Itupeva

Um grave acidente, ocorrido por volta das 18h30 da noite deste domingo, dia 20 de julho, mobilizou diversas viaturas da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e também ambulâncias do município. Duas vítimas ficaram gravemente feridas, com fraturas múltiplas em nos membros inferiores.

O acidente aconteceu na avenida Brasil próximo à igreja de Santo Antonio, região Central de Itupeva.

Segundo as primeiras informações, Edenilson Menacho Martines, 36 anos, morador da Rua Merdado Zachi, na Vila São João, e Gilisson da Silva Francisco, 31 anos, morador da rua Alberto Mondin, no Parque das Hortênsias, ambos em Itupeva trafegavam pela avenida Brasil, sentido Centro/hospital, a caminho do condomínio New Parque Tênis, onde trabalham quando aconteceu o acidente.

Eles estavam em uma CG 150 Titan, quando em alta velocidade surgiu uma pick-up Peugeot Hoggar, de cor vermelha em velocidade incompatível com o local.

O motorista do carro bateu de frente com a motocicleta e, sem prestar socorro às vítimas, fugiu do local.

A polícia pede a colaboração das pessoas que por ventura identifiquem esse carro, que denunciem pelo telefone 190 ou 4591-1101.

O veículo apresenta avarias em sua parte frontal e também uma das laterais, sendo de fácil reconhecimento como envolvimento em acidente.

Segundo testemunhas, o causador do acidente que fugiu do local é do sexo masculino e aparenta ter cerca de 50 anos, com cabelos grisalhos.

As vítimas foram socorridas ao Hospital Municipal de Itupeva, de onde foram transferidas para o Hospital São Vicente de Paulo, em  Jundiaí, onde deverão ser submetidas a intervenção cirúrgica, já que os ferimentos são gravíssimos.

Desesperada, a esposa de Edenilson compareceu no hospital e disse à reportagem do Jornal de Itupeva que seu marido já vinha se recuperando de uma recente cirurgia na coluna, motivo que o fez ficar 4 meses acamado e 3 de cadeira de rodas. Ainda segundo a esposa, há pouco tempo ele se recuperou e voltou ao trabalho.  Ela pede a colaboração da população que, caso encontre os documentos de seu marido que entregue na Delegacia ou Polícia Militar.

Compareceram à ocorrência os policiais do 4º Pelotão de Itupeva, da Base Móvel Comunitária da 2ª Companhia, comandada pelo cabo Jorge Luís, bem como bombeiros do 19º Subgrupamento de Itupeva e socorristas do Serviço de Ambulância de Itupeva.

O trânsito ficou completamente interditado por cerca de 30 minutos, até que as vítimas fossem socorridas e o veículo retirado da avenida.

Anderson Breu e Luiz Carlos Izzo

 Foto ilustrativa de um Hoggar:

Na foto ilustrativa abaixo, o modelo do carro Peugeot vermelho, responsável pelo acidente, que fugiu sem prestar socorro às vítimas. Caso alguém reconheça um veículo, com esta mesma cor e modelo, com a parte frontal e também uma das laterais batidas, entre em contato com os telefones da Polícia Militar (190) e Polícia Civil (4591-1101).

Fugir do Local do Acidente:

Segundo a legislação brasileira, o motorista que fugir do local do acidente poderá ser condenado a cumprir pena de detenção de 6 meses a 1 ano ou multa, que varia de acordo com a gravidade do acidente. Muitos motoristas fogem na hora do acidente por muitas vezes não ter Habilitação ou a mesma estiver cassada. Caso isso ocorra o motorista também tem as mesmas penas quando foge do local na hora do acidente.