Com melhor campanha Dynatech é campeã

Por em 11 de setembro de 2014
Jornal de Itupeva

Superando todas as expectativas a Dynatech no último sábado venceu a Finapack ‘A’, melhor equipe do Industrial, pelo placar mínimo e o trauma de perder o campeonato do ano passado nos penais fica como titulo em 2014.

Depois exatos 299 dias quando Robson (Pelezinho) perdeu a última penalidade a Dynatech voltou a pisar no gramado sagrado do Centro de Lazer do Trabalhador, Campão, principal coliseu do futebol itupevense para mais uma decisão, no último sábado, 6, do 24ª edição do Campeonato Industrial, após quase um ano de perder o titulo de 2013 nos pênaltis.

“A nossa preparação para ficarmos com o titulo hoje começou exatamente quando nós o perdemos ano passado e aquilo mexeu de mais com a nossa equipe a ponto de nós traçarmos uma meta desde aquele dia (9 de novembro) de que para nós só importava ser campeão e esse pensamento foi trabalhado e conseguimos atingir a nossa meta”, disse Carlos Daniel Alves, comandante da Dynatech, falando após a vitória de sua equipe.

A segunda partida que decidiria quem iria levantar a taça, entre a Finepack ‘A’ e Dynatech, foi assim como no primeiro duelo equilibrado, enquanto a Finapack, equipe com a melhor campanha, ficava com a posse de bola e dominava o meio de campo a Dynatech sendo mais perigosa nos contra-ataques, usando bem as laterais do campo e a velocidade, principalmente com Pelezinho (que fez uma apresentação para se redimir do pênalti perdido na final da edição passada).

Mesmo em um jogo movimentado a primeira etapa acabou com o placar igual, 0 x 0, se o marcador continuasse assim a Dyanatech que já enfrentava a equipe que por muitos era apontada como a melhor do campeonato iria ter pela frente a decisão por penalidades, um trauma que eles carregavam a quase um ano.

No segundo tempo não foi apenas o lado do campo que se inverteu, mas sim os papeis quem ditava o ritmo do jogo era a Dynatech enquanto a Finapack usou a arma de seu adversário na 1ª etapa, o contra-ataque.

Partindo para cima em busca do resultado a então a atual vice-campeã tentava transformar o que poderia ser um final de tarde e começo de noite triste em uma nova história sem pênaltis e conseguiu, e foi uma jogada ensaiada, após uma cobrança de escanteio a bola atravessou a área da Finapack e caiu do outro lado para os pés de Pelezinho, o mesmo que havia perdido a penalidade que tirou o titulo da edição anterior da Dynatech, o mesmo que após o término da partida foi premiado como atleta destaque do campeonato, o mesmo que havia incomodado a defesa adversária durante a partida, levou a bola para dentro da área e chutou cruzado para o predestinado José Henrique, que mesmo com o nome de ator de novela mexicana e com a forma física parecendo a de Ronaldo ‘Fenômeno’ no final da carreira, mostrou ser decisivo ao se atirar na bola e a colocar no fundo do gol da Finapack.

“É indescritível o que nós sentimos na hora, você trabalha forte, o ano todo para chegar aqui e ajudar sua equipe, ai quando você vê está marcando um gol tão importante como esse”, disse José Henrique, que marcou o gol que decidiu o confronto e o campeonato, após o apito final.

A Finapack ainda tentou o gol que levaria a decisão do título para os pênaltis, mas acabou tendo o zagueiro Lucas expulso após falta dura, o que tornou mais difícil a sua missão.

Após a partida ainda foram entregues os troféus de: Amigos do Esporte para a Comep e a LCI que doaram 24 litros de leite; Melhor Defesa e Fair Play para a Finapack; Atleta Destaque (Pelezinho), Artilheiro (Elivelton) e Melhor Técnico (Carlos Daniel Alves) ambos da Dynatech.