Bahia vence de virada e se torna o maior campeão do Amador

Por em 17 de dezembro de 2014
Jornal de Itupeva

Em uma final cheia de emoção, o Bahia saiu de campo na manhã do último domingo para entrar na história como o maior campeão do Campeonato Amador de Futebol de Itupeva.

O mundo dá voltas e no domingo, dia 14, ele girou várias vezes no gramado do Centro de Lazer do Trabalhador, Campão, onde o atual campeão da Elite, o Bahia, e o vencedor do acesso de 2013, Grêmio Piauí, fizeram o último duelo no ano em Itupeva.

Depois realizarem uma primeira partida equilibrada que terminou empatada em 1 x 1, as duas equipes entraram em campo dispostas a fazer história, enquanto o Bahia queria o segundo titulo em 3 decisões consecutivas e querendo chegar ao hexacampeonato, o Grêmio Piauí queria se tornar o primeiro campeão com apenas 3 anos de existência.

Comandados pelo melhor camisa 10 do campeonato e escolhido atleta destaque do amador, o baixinho Jailson, o Grêmio Piauí deu as cartas no jogo durante a primeira etapa deixando o a atual campeão sem ações e quando o relógio marcava 31 minutos do 1º tempo Jailson começou escrever a história da final ao iniciar a jogada do contra ataque abrir a bola na ponta direita e aparecer dentro da área do Bahia como homem surpresa e marcar um gol ala ‘Bebeto’ de voleio.

Na segunda etapa o Bahia voltou com outra postura dentro de campo e de dominado passou a ser dominador e dois personagens antes sumidos na partida assumiram a função de protagonistas da final, até então exercida por Jailson, o primeiro, o camisa 10 da equipe baiana, Bruno, que chamou a responsabilidade do jogo e de seus pés surgiram as principais chances de gol de sua equipe, o segundo foi João Carlos Carolino, peça chave para a virada na partida.

Usando o incomum 16 nas costas, numeração inusitada para um goleador, Carolino não apenas mudou os números da camisa de matador como os do placar ao empatar a partida com um gol de cabeça e depois o segundo depois de jogada trabalhada pelo Bahia.

“Eu nunca havia feito o gol da virada em uma final, é um sentimento muito gostoso, pois lá de dentro do campo a gente vê familiares, amigos, a torcida vibrando, é nesse momento que nós conseguimos sentir um pouco do que o jogador profissional sente, infelizmente, muitos como eu que estão aqui hoje tentou e não conseguiu ser (atleta profissional), mas fatos como este são especiais e nos faz sentir jogadores profissionais”, disse Carolino após o término da partida.

Para confirmar o bicampeonato e o sexto titulo o Bahia faria mais um gol, desta vez com Bruno, que batendo uma falta entrada da grande área ala ‘Zico’ colocou a bola na gaveta do goleiro do Grêmio Piauí. E no último lance do duelo Cleber diminui o marcador fechando a final em 3 x 2 e Bahia campeão da 29ª edição do Campeonato de Amador de 2014.

“É uma sensação de muito prazer de voltar a ser campeão com praticamente o mesmo elenco do ano passado, que tem jogadores experientes, rodados, que crescem nas decisões e hoje foi mais uma prova disso, pois tínhamos pela frente uma equipe muito boa saímos atrás no placar e conseguimos reverter o resultado a nosso favor”, destacou Emerson Terradas, técnico do Bahia, após a final.

Thales Mileto