Emílio Checchinato registra 2ª morte

Por em 23 de dezembro de 2014
Jornal de Itupeva

Mais um grave acidente com vítima fatal foi registrado na manhã desta terça-feira, dia 23 de dezembro, na Avenida Emílio Checchinato, região Central de Itupeva.

Esse foi o segundo grave acidente envolvendo veículos e ciclistas em menos de quinze horas, ambos com vítima fatal no mesmo local. O primeiro acidente culminou com a morte instantânea do ciclista Flávio Donizete da Silva, 52 anos, e aconteceu na tarde de segunda-feira, dia 22, quando ele teria se desequilibrado e caído debaixo das rodas do coletivo articulado da empresa Rápido Luxo Campinas.

Já na manhã de hoje, terça-feira, por volta das 7 horas da manhã, o aposentado Cícero Lourenço dos Santos, 77 anos, morador da rua três do bairro da Mina, atravessava a mesma avenida, a menos de 100 metros do local do primeiro acidente, quando foi atingido por um veículo que fugiu do local em alta velocidade sem prestar socorro à vítima.

Os socorristas Paulo Bremer, Rodolfo, Fernando e Walmir, ambos do Setor Municipal de Ambulâncias de Itupeva, departamento localizado a poucos metros do local do acidente, prestaram socorro ao idoso que sofreu ferimentos graves na região da cabeça, sendo levado às pressas para o Hospital Nossa Senhora Aparecida em Itupeva.

Após analisarem a situação de gravidade, a equipe médica de plantão transferiu a vítima com urgência para a UTI do Hospital São Vicente de Paulo, onde seria submetido a exames com especialistas em neurocirurgia.

Idoso não resiste aos ferimentos e morre

Ainda na manhã de hoje, o idoso atropelado morreu no Hospital de São Vicente de Paulo.

A morte do idoso foi confirmada pela acessória de imprensa do HSPV no final da manhã de hoje. De acordo com a assessoria, ele não resistiu aos ferimentos e morreu no Centro Cirúrgico com traumatismo craniano e hemorragia.

A noticia deixou familiares e amigos abalados, até mesmo os socorristas que prestaram os primeiros socorros, já que o idoso era muito conhecido deles e frequentemente passava no setor de ambulâncias para tomar um cafezinho e bater um papo com os amigos.