Criminosos explodem banco na noite do Natal em Itupeva

Por em 25 de dezembro de 2014
Jornal de Itupeva

A área de caixas eletrônicos e também a fachada da agência do banco Santander de Itupeva ficaram completamente destruídas após a explosão de dinamites.

O roubo aos caixas eletrônicos aconteceu na noite de Natal, quando fogos comemoravam a chegada do Natal.

De acordo com informações da Polícia Militar e da Guarda Civil, que ajudou na ocorrência, à meia noite, enquanto a famílias comemoravam a chegada do Natal, um grupo de criminosos invadiu a agência bancária, que fica no Centro, e explodiu dois caixas automáticos.

A viatura da Polícia Militar que fazia patrulhamento ouviu as explosões e foi averiguar. A Guarda Municipal também foi acionada, já que a base fica a apenas 150 metros do banco. Os criminosos conseguiram fugir.

Após a explosão, a agência foi isolada e o acesso foi bloqueado pela polícia, até que todos os procedimentos periciais fossem realizados.

Testemunhas disseram que pelo menos cinco ladrões armados fugiram em dois carros sem conseguir levar nada. Segundo a polícia, os cofres não foram danificados e no local foi encontrado um pé de cabra.

Pela manhã, curiosos foram até a porta da agência para ver os estragos.

A agência bancária fica localizada na Avenida Brasil, no Centro da cidade.

A fachada do Santander ficou completamente destruída

A fachada do Santander ficou completamente destruída

HISTÓRICO DE ROUBOS E ASSALTOS A BANCOS EM ITUPEVA

2008 – Assalto ao Itaú com troca de tiros

No dia 29 de outubro de 2008, assaltantes fortemente armados de fuzis, pistolas e metralhadoras roubou caixas eletrônicos do banco Itaú, também localizado na Avenida Brasil, no Centro.

Na ocasião, os bandidos picharam com spray as câmeras de segurança para não serem vistos e usaram um maçarico para arrombar o terminal.
Durante o roubo o alarme disparou e dois soldados da PM de Itupeva trocaram tiros com os marginais. Durante o tiroteio, um policial foi atingido de raspão na cabeça.

2010 – Dois Roubos às agências da Prefeitura

No dia 30 de janeiro de 2010, sete criminosos fortemente armados invadiram a Prefeitura Municipal e praticaram um audacioso assalto.
Após renderem um Guarda Municipal, eles arrombaram as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, de onde subtraíram dois cofres.

A operação criminosa começou por volta das 23 horas, quando os criminosos invadiram o refeitório da prefeitura, pelos fundos. O guarda municipal em serviço disse que ouviu um barulho, como se alguém houvesse chutado uma cadeira.

Ao verificar o que havia ocorrido, o GM foi surpreendido e algemado em um corrimão, onde permaneceu até o final do roubo, sempre sob a vigilância de um dos marginais. O sistema de câmeras de vigilância dos bancos e os cabos da central de monitoramento do prédio foram danificados, no intuito de não terem gravadas as imagens da ação delituosa. Sem mais nenhum obstáculo, tudo ficou fácil para que a quadrilha tivesse acesso aos cofres das agências bancárias.

Para a retirada dos cofres foram utilizados maçaricos, pés-de-cabra, alavancas e outros equipamentos. Além dos cofres, os assaltantes levaram 30 munições, calibre 38, que estavam com o guarda municipal.

2009 – Outro roubo
O primeiro assalto à agência da Caixa Econômica Federal, localizada no Paço Municipal, aconteceu no dia 30 de dezembro de 2009. Na ocasião, os marginais não conseguiram levar o dinheiro do cofre, que foi arrombado com maçaricos pelo lado externo da agência.

2014 – Assalto aos caixas de supermercado
Já no dia 22 de setembro de 2014, uma quadrilha fortemente armada invadiu um supermercado de Itupeva e levou cerca de R$ 150 mil dos caixas eletrônicos bancários existentes no interior do estabelecimento.

Seis homens renderam funcionários da empresa de segurança quando estes faziam o recolhimento o dinheiro dos equipamentos. Entre as armas utilizadas no crime estavam vários fuzis, que é um armamento de grande potencial de destruição e de uso restrito às polícias ou forças militares.

No momento do crime, dezenas de clientes estavam no interior do estabelecimento comercial. Houve corre-corre e muita tensão.

2013- Bandidos deixam dinamite em caixa eletrônico

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar foi acionado no dia 7 de maio de 2013 para desarmar uma banana de dinamite, que foi abandonada por marginais em uma tentativa frustrada de roubo a um caixa eletrônico em Itupeva.

Para ter acesso ao caixa, que fica localizado em frente de um mercado, no parque Laranjeiras, os criminosos destelharam o local e instalaram o artefato, durante a madrugada.

Por volta das 4 horas, um morador vizinho ouviu um estrondo e acionou a polícia militar. A dinamite foi colocada na porta do caixa, mas sua explosão não teve força suficiente para abrir o caixa, motivo pelo qual os bandidos não conseguiram ter acesso ao dinheiro.

2011 – Dinamite não explode em caixa do Serra Azul

Outra tentativa de roubo a caixa eletrônico em Itupeva aconteceu na madrugada de 5 de novembro de 2011, no Serra Azul.

Um grupo de criminosos quebrou um vidro para ter acesso ao terminal eletrônico, instalado no Shopping Serra Azul, na Rodovia dos Bandeirantes, em Itupeva. A banana de dinamite implantada no equipamento não explodiu e os criminosos fugiram.

2014 – Caixa é explodido no Serra Azul

Na madrugada de 19 de fevereiro de 2014, bandidos encapuzados invadiram o Shopping Serra Azul, localizado no KM 72 da Rodovia dos Bandeirantes, em Itupeva, e estouraram dois caixas eletrônicos. A explosão provocou estragos de grande monta em lojas que ficavam localizadas ao lado dos caixas. Um vigilante, que trabalhava no local, foi rendido pelos marginais, que estavam armados de pistolas e fuzis.

O impacto foi forte e várias lojas tiveram grandes prejuízos. A forte explosão fez com que um buraco na parede fosse aberto. O teto de uma loja caiu e várias paredes de vidro foram quebradas.