Balsas de fogos são montadas em Copacabana

Por em 26 de dezembro de 2014
Divulgação

show pirotécnico do tradicional réveillon da orla de Copacabana terá este ano 24 toneladas de fogos de artifício, com mais de 34 mil artefatos. As 11 balsas de onde serão lançados os fogos começaram a ser montadas hoje (26) na Ilha do Governador, zona norte da cidade. A vistoria será feita segunda-feira (29). O tema deste ano são os 450 anos da  cidade do Rio de Janeiro.

Segundo o secretário do Turismo, Antônio Pedro Figueira de Mello, pelo menos 1 milhão de pessoas são esperadas em Copacabana na passagem de ano, entre elas 800 mil turistas, que deverão deixar na cidade cerca de US$ 653 milhões.

Antônio Pedro disse que este ano há novidades no esquema operacional da queima de fogos. “Quatro segundos antes da chuva de fogos, quando chegar ao número 4 da contagem regressiva, aparecerá uma vez o tema da festa, Rio 450, e novamente no número 2, em frente ao palco principal”. O secretário informou que três palcos e 30 torres de som foram montados nas areias da praia, o principal em frente ao hotel Copacabana Palace.

Os shows que vão animar a multidão na orla de Copacabana começarão às 18h e a previsão é que terminem depois das 4h do primeiro dia de 2015. Entre as atrações, estão confirmadas as bandas Titãs, Detonautas e Roupa Nova, o cantor Seu Jorge e a bateria da Escola de Samba Unidos da Tijuca. Também devem participar do show da virada do ano a cantora Maria Rita e as baterias das escolas de samba do Salgueiro e da Portela.

O bairro terá ruas interditadas e estacionamentos proibidos a partir do dia 30. No dia 31, carros particulares ficarão proibidos de circular em Copacabana a partir das 18h. Depois das 22h, apenas quem tiver bilhete do metrô poderá entrar ou sair do bairro, pois a circulação de táxi e ônibus também estará proibida. Serão disponibilizados 500 banheiros químicos.

No dia 31, cerca de 1,8 mil agentes da Secretaria de Ordem Pública vão operar no bairro em dois turnos, entre guardas municipais, agentes do controle urbano, fiscais de atividades econômicas e de reboque. A secretaria instalará oito postos para distribuição de pulseiras para crianças.

A Polícia Civil terá três delegacias na área de Copacabana funcionando com 50% mais policiais do que efetivo regular para atender às ocorrências durante a força. Ao todo 11 palcos foram espalhados pela cidade e devem atrair 2,5 milhões de pessoas, segundo a prefeitura.