Civil identifica homem agredido a pedradas

Por em 30 de janeiro de 2015
Jornal de Itupeva

A Polícia Civil de Itupeva identificou a vítima de apedrejamento

Após tomar ciência da violenta agressão de um jovem, ocorrida na manhã da última sexta-feira (30), em Itupeva, o delegado titular de Itupeva, Elias Ribeiro Evangelista Junior, determinou que seu setor de investigação, comandado pela investigadora chefe, Carla Branco, juntamente com os investigadores, Maycon, Spina, Odair e Rafael, investigasse o caso, no intuito de identificar a vítima que no momento que foi localizada não portava documentos.

A vítima foi identificada como Leandro Souza Lourenço, 25 anos, morador do bairro Nova Monte Serrat, em Itupeva. Os policiais chegaram à identidade da vítima por meio do uniforme do restaurante onde ele trabalhava como garçom, a partir da qual foi descoberto, também, o seu endereço.

Durante as investigações, um rapaz se identificou aos policias como amigo de Leandro.

De acordo com o rapaz, ele e Leandro estavam juntos em sua residência, também localizada no mesmo bairro, até a 1h40 da madrugada do dia do crime e que após esse momento Leandro deixou o local com seu Fusca.

A polícia trabalha com hipótese que Leandro possa ter sido vítima de roubo, uma vez que a carteira dele foi levada com seus documentos e também de seu veículo fusca. Segundo o amigo, Leandro estava com dinheiro por que havia recebido pagamento.

A polícia agora trabalha para desvendar o autor da brutal agressão e descobrir quais foram seus motivos. O Fusca de Leandro foi levado pelo possível autor do crime.

O sistema de monitoramento da cidade de Indaiatuba apontou que o veículo entrou na cidade por volta das 10 horas da manha de sexta-feira e não mais deixou o município. Até o momento, o carro não foi localizado.

De acordo com informações do Hospital São Vicente de Paula, Leandro está internado no Centro Cirúrgico e corre grande risco de morte.