Conta de água em Brasília vai subir 16,20%

Por em 30 de janeiro de 2015
Ilustração

A diretoria da Adasa (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal) aprovou um reajuste de 16,20% sobre as tarifas de água e esgoto sanitário no DF. Os novos valores já começam a ser cobrados no dia 1º de março.

Segundo o presidente da Adasa, Vinicius Fuzeira, o reajuste está previsto no contrato de concessão de exploração de água no DF.  O atual aumento faz parte de uma revisão do preço do serviço, feita a cada quatro anos, após uma análise de gastos da estatal. Ele também afirma que o aumento não é uma medida preventiva de crise.

— Não há risco de crise hídrica no DF. Nossos reservatórios não estão em níveis baixos, garante.

O número de 16,20%, segundo a Adasa, foi estabelecido levando-se em consideração a atualização da tarifa conforme a inflação e os investimentos realizados pela concessionária.

Após o reajuste tarifário de 1º de março de 2015, os usuários residenciais enquadrados na tarifa popular e que consomem até 10 m³ e que pagavam R$ 16,60, passarão a pagar R$ 19,30 pelos mesmos 10m³. Para os que se encontram na categoria residencial de tarifa normal e que pagavam em 2014 R$ 22,20 por 10m³ de consumo/mês, passarão a pagar R$ 25,80 pelos mesmos 10m³.

Do Portal R7