Jovem é desfigurado a pedradas em Itupeva

Por em 30 de janeiro de 2015
Leandro está entre a vida e a morte, no Hospital São Vicente de Paulo.

O atendente de restaurante, Leandro Souza Lourenço, 25 anos, morador do bairro Nova Serrat, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (30), caído em uma área de terraplenagem, localizada às margens de uma estrada rural de acesso ao Jardim Poliana, a cerca de um quilômetro do Hospital de Itupeva. Ele foi violentamente espancado a golpes de pedra e estava com o rosto totalmente desfigurado. Leandro também estava com uma camiseta amarrada em seu pescoço, com indícios de tentativa de estrangulamento.

O jovem foi espancado no meio da estrada e depois arrastado para a área de terraplenagem, por cerca de trinta metros. Uma pedra com manchas de sangue, possivelmente usada para o espancamento, foi localizada no local envolta a uma poça de sangue.

A vítima, que perdeu grande quantidade de sangue e também parte de massa encefálica, foi vista caída por uma pessoa que passava pelo local e acionou o Setor de Ambulâncias de Itupeva.

Os socorristas Bruno e Fernando rapidamente chegaram ao local e se espantaram com a cena, que foi relatada por eles como de ‘tamanha brutalidade e covardia’. Às pressas, os resgatistas conduziram a vítima em estado muito grave para o Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Itupeva. Com risco de morte, a vítima foi transferida ao Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, onde permanece internada entre a vida e a morte.

Civil identifica vítima
Após tomar ciência da violenta agressão, o delegado titular de Itupeva, Elias Ribeiro Evangelista Junior, determinou que seu setor de investigação, comandado pela investigadora chefe, Carla Branco, juntamente com os investigadores, Maycon, Spina, Odair e Rafael, investigassem o caso, no intuito de identificar a vítima que no momento de sua localização não portava documentos.

Os policiais chegaram à identidade da vítima por meio do uniforme do restaurante onde ele trabalhava como garçom, a partir da qual foi descoberto, também, seu endereço. Leandro Souza Lourenço tem 25 anos e é morador do bairro Nova Monte Serrat, em Itupeva.

Durante as investigações, um rapaz se identificou aos policias como amigo de Leandro.

De acordo com o rapaz, ele e Leandro estavam juntos em sua residência, também localizada no mesmo bairro, até a 1h40 da madrugada de sexta-feira e que após esse momento Leandro teria deixado o local com seu Fusca.

A polícia trabalha com a hipótese que Leandro possa ter sido vítima de roubo, uma vez que a carteira dele foi levada com seus documentos e também de seu veículo fusca. Segundo o amigo, Leandro estava com dinheiro por que havia recebido pagamento.

A polícia agora trabalha para desvendar o autor da brutal agressão e descobrir quais foram seus motivos.

O Fusca de Leandro foi levado pelo possível autor do crime. O sistema de monitoramento da cidade de Indaiatuba apontou que o veículo entrou na cidade por volta das 10 horas da manha de sexta-feira e não mais deixou o município. Até o momento, o carro não foi localizado.

De acordo com informações do Hospital São Vicente de Paula, Leandro está internado no Centro Cirúrgico e corre grande risco de morte.