Itupevenses vencem downhill de Santos

Por em 22 de fevereiro de 2015
Os itupevenses conquistaram o pódio em Santos

Show! No primeiro dia de competições, os ciclistas Daniel Diani Silveira e Pardal fizeram dobradinha na tradicional ‘Descida das Escadarias de Santos’, levando o nome de Itupeva para o pódio.

A equipe Mountain Race BR, que representa a cidade de Itupeva, conta com 6 atletas na principal prova de downhill no país e já começou a deixar sua marca neste final de semana, quando conquistou um lugar na prova que reúne os principais nomes da modalidade no Brasil e também ciclistas de 8 países.

Entre os representantes itupevenses, Daniel Diani  Silveira e Pardal foram os grandes destaques da cidade já no primeiro dia de competições, ficando com o campeonato e vice da categoria juvenil.

Com essa vitória, os competidores levaram a Bandeira de Itupeva para o lugar mais alto do pódio da ‘Descida das Escadarias do Monte Serrat”, em Santos, um fato inédito para o esporte do município.

A Descida das Escadarias de Santos é válida pelo segundo ano consecutivo pelo City Downhill World Tour, a copa do mundo de downhill urbano.

A sequência da competição será transmitida ao vivo neste domingo durante o Esporte Espetacular na Rede Globo.

Com mais de 100 ciclistas na disputa, a prova internacional é uma das principais no calendário da modalidade.

Downhill

O Downhill Urbano é um esporte radical em crescimento no Brasil. A primeira edição da Descida das Escadas de Santos, realizada em 2003, foi o marco inicial das competições da modalidade no Brasil. De lá para cá, o evento cresce a cada ano e consolida-se como uma das principais provas do calendário mundial.

A modalidade é uma adaptação para o asfalto das provas de ciclismo disputadas em circuitos montanhosos – o Mountain Bike -, a partir da segunda metade da década de 1970.

O downhill surgiu na Califórnia, nos Estados Unidos. Ciclistas hippies da época, cansados do uso da bicicleta somente no asfalto, se encontravam nas montanhas de Marin County, perto de San Francisco, para despencar ladeira abaixo.

A primeira edição da Descida das Escadas de Santos firmou o país como o segundo no mundo a efetuar, oficialmente, uma prova desta categoria”, afirmou o presidente da Liga de Ciclismo do Litoral do Estado de São Paulo (Liesp), Marcelo Coelho.

Em Santos, o downhill urbano encontrou um lugar perfeito para a prática. A escadaria histórica do Monte Serrat, localizada na região central da cidade, alia trechos de média e alta dificuldade, com muitas curvas e saltos. Os atletas de ponta fazem o percurso de 417 degraus e 650 metros de extensão em menos de um minuto. É preciso muita técnica para “domar” a bicicleta, contonar curvas e atravessar todos os obstáculos. Em alguns trechos, o ciclista alcança até 70 km/h. Toda essa adrenalina faz com que o público lote toda a extensão do percurso.

O evento reúne 100 atletas todos os anos, inclusive alguns dos principais “gringos” da modalidade. Filip Polc (Eslováquia), Mario Jarrín (Equador), Antonio Leiva (Chile), Sebástian Vasquez (Chile), Emanuel Pombo (Portugal), são presenças garantidas. Wallace Miranda, é o melhor brasileiro e tem se consolidado ao longo dos últimos anos entre os finalistas.

Além da adrenalina, o clima de amizade presente nas provas também é um dos ingredientes do sucesso do esporte.

Descida das Escadas de Santos:

O evento “Descida das Escadas de Santos” é organizado e realizado pela Time MKT e Comunicação em parceria com a Liga de Ciclismo do Litoral do Estado de São Paulo desde a sua primeira edição em 2003.

A empresa é proprietária do evento e detém todos os direitos do mesmo. A comercialização é realizada por empresas parceiras. A supervisão é feita pela Confederação Brasileira de Mountain Bike.

Thales Mileto