Colombiano Asprilla chama Neymar de “mentira”

Por em 18 de junho de 2015
Divulgação

A derrota da seleção brasileira por 1 a 0 para a Colômbia, o primeiro revés da equipe na “Nova Era Dunga”, ocorrida na noite da última quarta-feira (17), em Santiago, no Chile, válida pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América, rendeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais. O desempenho atacante Neymar, bem abaixo da média, também foi alvo de comentários negativos, principalmente vindos de um ex-jogador de futebol e ídolo colombiano: Faustino Asprilla.

Em seu perfil oficial no Twitter, o ex-atacante da seleção colombiana, com passagens por times como Palmeiras, Fluminense, Parma-ITA, Estudiantes-ARG, Universidade do Chile e Newcastle-ING, Asprilla não amenizou ao falar do desempenho do camisa 10 da seleção brasileira, que estava nitidamente nervoso e acabou expulso ao fim da partida.

Chamando Neymar de “uma mentira para o futebol”, o ídolo colombiano não poupou o brasileiro das críticas durante os 90 minutos de jogo entre Colômbia e Brasil, que terminou com a vitória dos colombianos por 1 a 0 e gerou uma confusão tremenda após o apito final.

Asprilla criticou a forma de Neymar jogar e chamou o camisa 10 da seleção brasileira de ator. Em outra frase publicada em seu perfil no Twitter, o colombiano sugeriu que o atacante fosse “para Hollywood”, pois suas simulações não estavam ludibriando o árbitro da partida.

No fim da partida, Asprilla usou a expulsão de Neymar, que se envolveu em uma confusão com os jogadores colombianos, como gancho para afirmar que o camisa 10 fechou com “chave de ouro” o desastre que foi seu desempenho dentro de campo.

Com o apito final, e depois das críticas contra Neymar, Asprilla vibrou muito com a vitória da Colômbia. Segundo ele, o time jogou com muita atitude e fez por merecer o resultado.

As críticas do ex-jogador, contudo, rendeu uma enxurrada de comentários nas redes sociais, todos eles direcionados ao colombiano, que teve que bloquear alguns de seus seguidores, principalmente os brasileiros.

“Quem é Asprilla perto do Neymar”, questionou um dos torcedores que não gostou das palavras do colombiano.

Bem mais humorado, um outro torcedores brasileiro brincou com um homônimo do colombiano para rebater as críticas de Asprilla.

Outro torcedor, irritado com as palavras do colombiano, fez duras críticas ao ex-jogador e o colocou em uma saia justa no Twitter.

Até mesmo alguns jornalistas compraram a briga de Asprilla com Neymar. O repórter Marco Aurélio Souza, repórter da TV Globo, listou os títulos do brasileiro para cutucar o ex-jogador colombiano.

O ex-jogador, atualmente com 45 anos de idade, causou revolta também no apresentador Thomaz Rafael, da Rádio Transamericana, de São Paulo.

Críticas e brigas no Twitter a parte, o Brasil se complicou na Copa América com a derrota para a Colômbia. Com três pontos conquistados em dois jogos, a seleção precisa agora de uma vitória contra a Venezuela, domingo, sem Neymar, que está suspenso, para garantir uma vaga na segunda fase da competição.