Viajar na Melhor Idade é tema de bate-papo em Itupeva

Por em 29 de julho de 2015
Viajar na Melhor Idade

O Centro de Convivência do Idoso de Itupeva apresenta, às 9 horas da manhã de HOJE, quinta-feira, dia 30 de julho, um bate-papo com o tema “Viajar na Melhor Idade”.

O evento vai contar com a participação do jornalista itupevense, Luiz Carlos Izzo, que traz na bagagem a experiência de ter voado um milhão de milhas, tendo já passado por centenas de cidades de 47 países do mundo.

Entre os assuntos a serem abordados pelo jornalista está o Programa “Viaja Mais Melhor Idade”, que é um projeto desenvolvido pelo Ministério do Turismo, que tem como objetivo facilitar e estimular os brasileiros com 60 anos ou mais a viajar pelo País. A programação inclui ainda a apresentação de vídeos de motivação para o segmento da melhor idade.

Segundo o jornalista Luiz Carlos Izzo, as atividades serão dirigidas para um segmento da população cada vez mais exigente, que chegou à plenitude da vida com disposição de continuar usufruindo-a plenamente.

Izzo afirma que sua participação no círculo de palestras do Centro de Convivência do Idoso de Itupeva tem por objetivo combater o isolamento social e cultural do público da terceira idade, através de ações de lazer cultural, informação e entretenimento. A programação é gratuita e toda a população está convidada.

“Fui surpreendido com esse gratificante convite feito por Rosemary Perlini (supervisora de Políticas para o Idoso) e por Edson Carolino (Diretor de Políticas para o Idoso), ambos responsáveis pelo Centro de Convivência do Idoso de Itupeva (CCI). Para mim, esse bate-papo com meus amigos da Melhor Idade será um grande desafio, porque apesar de ser um viajante compulsivo, nunca palestrei sobre o tema. E é exatamente por esse motivo que cheguei até a pensar em recusar o convite, mas tenho por obrigação aceitá-lo, já que este certamente será o bate-papo mais prazeroso que já participei sobre viagens com a melhor idade. Com uma coisa tenho que concordar: tenho quilometragem no assunto”, disse o Jornalista.

“O destino tem me levado a muitos lugares. Se aprendi alguma coisa? Tenho minhas dúvidas. O que tenho procurado é viver com intensidade cada segundo, cada hora, cada dia, independentemente do lugar onde estou.

Creio que isso seja um mania de viajante, de viajante convicto. Cada cidade que conheço me acrescenta seus anos de glória. Cada civilização com que tenho contato me dá a oportunidade de alcançar épocas que o limite da nossa existência jamais permitiria.

Já comemorei aniversários ao lado de romenos, jantando com franceses e cantarolando com peruanos e mexicanos.

Desta forma, fiz tantos amigos que tenho bagagem suficiente para afirmar, com absoluta convicção, que não é difícil viajar na maturidade. Difícil mesmo é envelhecer sem viajar.

O bate-papo no Centro de Convivência do Idoso de Itupeva deve reunir pessoas de todas as idades e isso me deixa muito feliz. Vou falar para todos, sem distinção. Em síntese, quero mostrar que, quando ganhamos a vida, ganhamos também o mundo inteiro para explorar. É curioso como muitos ainda não percebam essa dádiva de Deus.

Estes sim, têm muita idade e sua única chance de rejuvenescer é repassar aquele pacote de fotos que mofa nas gavetas. Renovem seus álbuns com viagens ao lado de pessoas que fazem parte de sua vida, daqueles que tem o amor como reciprocidade. É no mundo que está tudo o que de fato necessitamos: a vida, o conhecimento, os amigos, as grandes paixões e as descobertas.

Aqueles que optam por conhecer o mundo não têm idade. Sim, eles transformam sua fugaz existência em momentos de intensidade, e é como se tivessem vivido desde sempre e para sempre.

Não deixe de viajar por medo da idade, porque ‘não é difícil viajar depois de velho. Difícil mesmo é envelhecer sem viajar.”

“O único passo entre o sonho e a realidade é a atitude”

Esperamos você no Centro de Convivência do Idoso de Itupeva.
Rua Hermenegildo Baston, s/n – Jardim Tuiuti – Itupeva/SP.
O bate-papo com Luiz Carlos Izzo começa às 9 horas.