Professoras de Cabreúva elogiam novo Plano de Carreira do Magistério

Por em 14 de fevereiro de 2016
Jornal de Itupeva

No último dia 4 de fevereiro o prefeito Henrique Martin assinou o decreto nº601, que estabelece a nova escala salarial dos profissionais do Magistério Municipal (Plano de Carreira do Magistério). Esta medida é uma conquista já que irá trazer benefícios financeiros para os educadores.

A nova lei tem como objetivos promover a valorização dos profissionais do Magistério que exercem suas atividades nas unidades escolares, assegurar uma remuneração adequada, regulamentar o relacionamento funcional dos funcionários, aprimorar e promover a melhoria crescente da qualidade do ensino da aprendizagem. “Comparando com o plano de carreira anterior, este está bem melhor para nós”, opinou Karen Gorri, professora há seis anos.

O Plano tem como um dos pontos altos a regulamentação da progressão funcional (que faz com que o funcionário alcance níveis salariais maiores através de vias acadêmicas, como uma pós-graduação, e não acadêmicas, como avaliações e desempenho no trabalho). Angélica Prado, que é professora da rede municipal há 16 anos e trabalha atualmente na EMEB Jaira Batista Santana da Silva ficou feliz com a mudança: “As duas mudanças que eu mais gostei fora na assiduidade e na evolução. Antes perdíamos o prêmio pela assiduidade com mais facilidade, pois eram cumulativos, agora cada falta só afeta o mês em que ocorreu. Sobre a evolução, o que melhorou é que agora temos chances de reconhecimento a cada três anos, passando por avaliação, o que acarreta melhora no salário”.

Outro destaque do Plano é a transição do cargo de Assistente de Desenvolvimento Infantil (ADI) para Professor de Desenvolvimento Infantil (PDI). Gizélia Teixeira, que é ADI há cinco anos e trabalha na EMEB Nossa Senhora D’Aparecida, com o novo plano de carreira, passa a ser Professora de Desenvolvimento Infantil: “Esse novo plano de carreira foi uma conquista muito grande para os ADIS, quase tudo o que pedimos foi aceito. Isso é bom para todos e principalmente para os alunos, pois funcionários felizes trabalham melhor e tratam aos outros melhor”, disse Gizélia.

Para o prefeito Henrique Martin, o plano é uma vitória da Educação e dos educadores: “Conseguimos elaborar um plano eficiente e justo, que irá beneficiar tanto os profissionais quanto o funcionamento da rede”, comentou.