Bocalon inaugura 2ª Escola Integral da história de Itupeva

Por em 18 de fevereiro de 2016
Jornal de Itupeva

O dia 16 de fevereiro de 2016 foi mais uma data a entrar para a história de Itupeva que, nos últimos três anos, vem sendo marcada pela revolução promovida pela atual Administração, principalmente na Educação, setor que mais recebe investimentos da Prefeitura e se tornou uma referência regional.
O prefeito Ricardo Bocalon (PSB), acompanhado da secretária de Educação, Idelma Bortolato Bocalon, do presidente da Câmara, vereador Salvador Philomeno Poli, que representou outros vereadores, do presidente da ACE, Gustavo Arruda; autoridades municipais, secretários, servidores, e da comunidade do Quilombo, inaugurou a segunda escola integral do município, que vai beneficiar os moradores do bairro e avançar ainda mais no projeto de promover profundas e significativas mudanças na educação municipal.

“Esta escola integral é mais um compromisso cumprido de nossa administração. As crianças não vão estar na rua, vão estar na escola, tendo aulas e desenvolvendo as suas capacidades, e as mães vão ficar mais tranquilas. É assim que nós vamos transformando a educação de Itupeva, com muito investimento. Temos uma grade no ensino municipal que é referência não só na região, mas recebemos pessoas de todo o país para ver como funciona a nossa educação. Nós inserimos 5 novas disciplinas, robótica, capoeira, música, filosofia e inglês, na grade, algo que não existe, muitas vezes, nem em escola particular, com ensino do SESI. Municipalizamos a merenda e hoje todo aluno almoça na escola, em prato de vidro e com talher de inox; isso é dar dignidade para as crianças. Temos ônibus gratuito exclusivo para os estudantes, com monitores. E todas essas mudanças só serão sentidas no futuro, daqui a 10, 15 anos, quando nossos alunos, que tiveram essa base, estiverem formados e inseridos no mercado de trabalho, na sociedade. Posso ser criticado por isso, mas optei por cuidar e dar educação para nossas crianças”, completou.

A secretária de Educação e primeira dama, Idelma Bortolato Bocalon, destacou o comprometimento da Prefeitura com a população: “Me orgulho muito que esse governo tem memória e sabemos dos compromissos que assumimos com a população. A Escola Integral do Quilombo era um grande sonho, é um grande projeto que vem da nossa alma, porque nós queremos cuidar das crianças de verdade, do ensino, do psicológico, dar condição para essas crianças. Educação é muito mais que uma apostila, educação é amor, que a gente encontra nesses professores.”.
Emocionada, Idelma fez questão de elogiar também o trabalho da secretaria e dos educadores do município: “Nós estamos construindo uma educação diferenciada, onde os professores tem liberdade para trabalhar e estão de parabéns, e a secretaria faz questão de orientar que eles conversem com os pais, conversem com as crianças, porque toda criança é possível, inteligente e com capacidade de aprender tudo que se pode ensinar, todas. Enfim, esse é mais um sonho que realizamos juntos com a população. A vida é feita de sonhos, mas é preciso trabalhar para que eles se realizem. E nós temos trabalhado muito para que a educação de Itupeva seja cada vez melhor”, finalizou Idelma, que aproveitou o evento para anunciar que deixa a função de secretária de Educação, para poder se dedicar mais à família. Adilson Pereira substitui Idelma na função.

Pastor e vigário abençoaram a obra
O evento contou com a presença maciça de pais de alunos, professores e servidores da escola, e o prefeito Bocalon fez questão de visitar a nova escola após o descerramento da placa inaugural. Para dar início à inauguração, o pastor Paulo Zoadeli e o vigário paroquial Jonatas Rodrigues da Silva realizaram uma oração e abençoaram a nova escola do bairro.

“Temos que agradecer a Deus pela sabedoria dada a nossos governantes aqui em Itupeva, porque obras continuam sendo realizadas na cidade e vamos pedir para que essa escola seja abençoada, assim como a vida de cada um que trabalhar e estudar aqui”, abençoou o pastor.
“Essa iniciativa do governo é muito boa e que nos deixa muito feliz; é muito importante para a comunidade desse bairro, vai ajudar muito essas crianças, não apenas na educação intelectual mas também na moral; para que sejam de fato o futuro do nosso país.”, completou o vigário.
O presidente da Câmara, vereador Salvador Philomeno, disse:  “Hoje é um grande dia e outros virão ainda na administração do prefeito Bocalon. Porque vocês merecem, essa obra é uma grande conquista para vocês, uma realização que vai fazer muito bem para as crianças”.

Em 3 anos, Bocalon inaugurou 2 escolas de período integral
A cidade de Itupeva completou 50 anos no ano passado, mas tendo nos últimos 3 anos sua história mudada como nunca antes, graças aos grandes investimentos que a Prefeitura tem feito. E a escola integral do Quilombo, a segunda do município, chega para continuar o trabalho excelente que vem sendo realizado, principalmente na área da educação, a que mais recebe atenção da administração municipal.

A primeira escola integral de Itupeva foi implantada em 2013, como uma das primeiras ações do prefeito Ricardo Bocalon. A unidade, que viria a se tornar referência e revolucionar o modo como a educação é pensada e trabalhada na cidade, foi o primeiro passo, seguido da municipalização da merenda, que garante alimentação de qualidade, com talheres de inox e pratos de vidro, com almoço para todas as crianças; a adoção do sistema SESI de ensino, um dos mais reconhecidos do país; a inclusão de robótica, inglês, filosofia, capoeira e música na grade escolar, 5 novas disciplinas que enriquecem o aprendizado dos alunos; a valorização dos profissionais da educação; o aumento do número de vagas em creches, incluindo a inauguração de duas novas unidades; transporte em ônibus exclusivo para os alunos e com monitores; e a conquista da primeira Escola Técnica da cidade, já em construção; entre outras ações destinadas à educação que fazem com que o setor receba mais investimentos e melhorias em 3 anos do que em todos os seus 47 anos anteriores.

“Eu queria estar inaugurando não a segunda, mas a quinta, sexta escola integral na cidade, mas não houve esse tipo de pensamento no município antes que nós realizássemos. Felizmente, graças a um trabalho responsável e sério, conseguimos evoluir muito a educação em Itupeva. Graças, principalmente, à competência da Idelma que, quando assumiu, em pouco tempo provou que não era ‘a mulher do prefeito’, mas que estava à frente da secretaria por sua capacidade como educadora e tudo isso foi realizado pela sensibilidade enorme que ela tem, por todo o trabalho que ela realizou com a ajuda de todos os servidores da educação”, explica o prefeito Bocalon.

Escola do Quilombo recebeu melhorias para atender à comunidade
Para atender a comunidade em período integral, a escola do bairro recebeu melhorias, com a ampliação de mais três salas de aula e mais alguns ambientes pedagógicos, como a sala dos professores. Além disso, a unidade ganhou um escovódromo e um novo refeitório. Com a inauguração, as 70 crianças matriculadas passam a estudar das 7h às 16h, com almoço e uma grade pedagógica ampliada, com mais aulas na base curricular e também dos especialistas das matérias de música, inglês, filosofia, robótica e capoeira.

Moradores aprovam a Escola Integral
A representante da Associação de Bairros do Quilombo, Mônica Rodrigues, agradeceu ao prefeito: “Olha, desculpa, mas tenho que falar. Antigamente, para nós, só sobrava o resto. Por isso hoje eu agradeço ao prefeito e a Idelma; agora as crianças vão ficar o dia todo na escola, com aulas especiais e de diversas disciplinas, com alimentação de qualidade. Isso é ótimo”.

A moradora Sidneia Braga dos Santos agradeceu: “Agora estamos agradecidos da escola aqui. A gente estava precisando muito e eu estou agradecida. Nada melhor para a criança do que estar na escola”.

Mãe de 4 filhos, Emília Aparecida Marques também elogiou: “Essa ação ajuda a tirar as crianças da rua e fazê-los entender que a escola é o melhor lugar para eles”.

Janaína Simonete tem dois filhos matriculados na escola do Quilombo: “Achei ótimo o projeto! Tira as crianças da rua, que oferece muito risco e envolvimento com drogas e dá a elas mais educação”.

Nascida e criada no Quilombo, Dulcineia Vicentini viu Itupeva crescer e reconheceu com bastante entusiasmo a melhoria no bairro: “Tenho sobrinhos na escola e acho muito bom esse projeto. As crianças vão ter mais tempo para aprender, brincar, comer na hora certa. Meu sobrinho chegou dizendo que até repetiu a merenda hoje, que estava uma delícia”.

Com uma filha na escola, Elisângela Berce Camargo gostou do investimento: “Achei muito bom, vai trazer benefícios para todos, principalmente para as mães que precisam trabalhar, como eu. Era justamente o que precisávamos”.