Uber é regulamentado em São Paulo e ficará mais caro

Por em 19 de julho de 2016
Uber é relugamentado em São Paulo e ficará mais caro

Publicação no Diário Oficial acontece cerca de dois meses após Haddad publicar decreto liberando app na cidade. Corridas ficarão mais caras para usuários.

O Uber obteve nesta terça-feira, 19/07, o credenciamento na Prefeitura de São Paulo para poder operar regularmente na capital paulista. A publicação do credenciamento da empresa acontece dois meses após o prefeito Fernando Haddad (PT) publicar o decreto 58.981 regulamentando o Uber e outros apps na cidade, em meio a muitos protestos de taxistas.

Desde fevereiro deste ano, o Uber atuava em São Paulo por meio de uma liminar que impedia a apreensão de veículos dos motoristas da companhia. Com a publicação do credenciamento, a situação se regulariza de vez.

Mais caro

Conforme já anunciado em maio, na época da publicação do decreto, o Uber precisará pagar uma taxa de R$0,10 por cada quilômetro rodado em São Paulo.

Como esse valor extra será repassado aos usuários, as corridas com o aplicativo ficarão um pouco mais caras a partir desta quarta-feira, 20/07. Se uma viagem com o Uber tiver 10km, por exemplo, ficará R$1 a mais para o consumidor com a regulamentação. Essas informações serão exibidas no próprio aplicativo para os clientes, aponta a empresa.

Impasse

Como aponta o G1, há um impasse entre o Uber e a Prefeitura, que quer cobrar o que o aplicativo não paga em taxas desde maio. A empresa diz que aceita conversar, mas destaca que só deve pagar as taxas a partir de agora com o credenciamento liberado.