Bocalon não aparece e Marcão assume o Paço

Por em 2 de janeiro de 2017
Bocalon não aparece e Marcão assume o Paço

O ato oficial de Transmissão de Posse ao prefeito Marco Antonio Marchi aconteceu na manhã deste domingo, dia 1º. Era cerca de meio dia quando o novo prefeito de Itupeva chegou. Ele caminhou desde a Câmara Municipal, onde havia sido empossado pela Câmara de Vereadores, sendo acompanhado de amigos e por uma viatura da Polícia Militar.

O Paço Municipal estava lotado e Marcão Marchi brilhou ao lado de seu vice-prefeito, Alexandre Mustafa, ambos agraciados pela multidão que os receberam com muita empolgação.

Alegando compromissos previamente agendados, o prefeito que deixou o cargo, Ricardo Bocalon, não compareceu.

Durante a reunião, o pastor Arnaldo Amaro da Silva e o ministro católico Ediwaldo Antonio Milanesi realizaram orações alusivas à posse dos novos governantes.

A cerimônia foi conduzida pelo comunicador e mestre de cerimônias, Itamar Gonçalves. Presidida pelo procurador geral municipal, dr. Francisco Carlos Pinto Ribeiro, que acompanhou a assinatura do Livro de Posse e também proferiu uma carta deixada pelo ex-prefeito. Entre as autoridades presentes Roberto Yamamoto, ex-prefeito de cidade de Caieiras, Ocimar Polli e Waldemar Checchinato, ex-prefeitos de Itupeva.

O ato solene atendeu todos os quesitos do Regimento Interno do município.

Por uma questão formal a carta deixada pelo ex-prefeito foi lida pelo Procurador Municipal.

“Caro Marcão Marchi, em face a compromissos anteriormente assumidos, como já havia dito pessoalmente, não poderei estar presente à cerimônia de transmissão de cargo de Prefeito, mas isso não impede desejar verdadeiramente que tenha pleno sucesso à frente da gestão municipal. Divergências e embate político não podem ultrapassar o campo da disputa pessoal saudável que emerge da democracia e da pluralidade de ideias, e no fim do processo eleitoral, o povo de Itupeva, soberano em suas escolhas é o real detentor do poder político. Não possam haver com disputas que nesse momento de crise mostram desnecessárias e imaturas. Renovo as estimas de votos da melhor consideração” (Ricardo Alexandre de Almeida Bocalon).

Após a assinatura do Livro, as autoridades fizeram o pronunciamento de Posse.

Marcão Marchi fez questão de frisar que a Prefeitura Municipal não estará fechada durante esta primeira semana, mas que apenas o Setor de Protocolo vai estar funcionando ao público.

“Precisamos ter a real noção do que está realmente acontecendo no âmbito interno da Prefeitura, já que não tivemos tempo para a transmissão antecipada de Posse, como de costume acontece e sequer fomos atendidos em nossos requerimentos por parte da administração anterior”, disse.

O chefe do Executivo Municipal também voltou a dizer o que sempre afirmava durante a campanha.

“Meu voto vale. Meu voto vale saúde, meu voto vale educação, meu voto vale segurança e meu voto vale respeito. E a justiça foi feita e agora precisamos consertar Itupeva. Eu só quero ser a ferramenta para ajudar Itupeva e ajudar o nosso povo. E hoje graças a Deus estamos aqui e vamos trabalhar para todos. A campanha acabou, a disputa acabou e agora vem o desafio de governar justo e fazer Itupeva voltar a crescer”, disse.

Dívida de R$ 104 milhões

Marcão Marchi anunciou o valor da dívida deixada pelo ex-prefeito, que segundo informações do próprio Ricardo Bocalon é de R$ 104 milhões, em um orçamento de aproximadamente R$ 200 milhões/ano.

“Quero deixar todos cientes que a situação do município não é boa e não vai ser fácil conduzir a cidade com essa dívida astronômica. Já começamos a levantar todas as informações para verificar o valor exato da dívida do município, que acredito ser ainda maior que esse deixado pelo ex-prefeito. Mas tenho certeza que com muito trabalho, determinação e justiça nós vamos fazer Itupeva ganhar forças e atender aos anseios da população. Vamos, sim, dar remédio para quem precisa, colocar médicos, exames, ambulância, educação, tudo que for necessário, ao alcance da população”.

Alexandre Mustafa iniciou a fala agradecendo aos 55 mil habitantes do município.

“Sabemos que uma grande parcela da população votou em nós, mas é importante lembrar que hoje, vamos governar para todos. Quero mais uma vez lembrar a fala de meu cunhado, entramos com as mãos limpas e vamos sair com as mãos limpas. Ganhamos a eleição em mais de um turno, ganhamos também nas urnas e agora vamos buscar justiça para Itupeva”.

Os ladrões que se cuidem

Em caloroso discurso, Marcão afirmou que a política no Brasil está fechando o cerco aos ladrões e corruptos.  “Não está muito longe, mas a política não está tendo mais espaço para ladrões. Política está dando espaço para pessoas sérias e que governem para a população. Todo conchavo político está ficando para trás e a limpeza no país está sendo grande”.

Caixinha de Surpresas

Marcão Marchi pede um pouco de paciência aos munícipes. “Não tivemos tempo para a transição de posse e o pouco tempo que tivemos, o que era pedido não era entregue. Amanhã (segunda-feira) vamos entrar aqui e encontrar uma ‘caixinha de surpresas’ e vamos abrir. A única surpresa eu não tenho é aquilo que o ex-prefeito já me disse, ou seja, que a Prefeitura deve R$ 104 milhões, que não pagou fornecedores, não pagou o salário do mês de dezembro dos funcionários, que não depositou o FTGS e também não pagou metade do 13º salário, que eu vou ter que pagar no fim do mês. Por isso, peço mais uma vez um pouco de paciência até que eu tenha os números nas mãos, com documentos, quando vamos esclarecer para a população a real situação do município. Todos os setores de nossa cidade, sejam eles na saúde, educação, transporte, todos os setores, sem exceções, estão arrasados e com problemas”.

Marcão finalizou sua fala afirmando que vai colocar Itupeva nos eixos

“Estamos dispostos a trabalhar muito para colocar Itupeva nos eixos. Hoje sou um homem realizado e vou colocar a minha vida, o meu trabalho, o meu tempo, que eu poderia usar com a minha família, para trabalhar por nossa cidade, porque minha família hoje se chama Itupeva”, completou.

Em atualização – Em breve matéria completa