Acusado de tráfico é preso em biqueira do Santa Fé

Por em 30 de dezembro de 2017
Traficante é preso em biqueira do Santa Fé

Em plena tarde de sexta-feira, dia 29 de dezembro, durante patrulhamento de rotina pelo Portal de Santa Fé, em Itupeva, a Polícia Militar efetuou a prisão de Alessandro Dias, acusado de vender drogas em uma viela conhecida como ponto de tráfico do bairro. Segundo o cabo PM Candello, a equipe fazia patrulhamento de rotina, sendo priorizadas as regiões mais vulneráveis da região.

Ao chegarem no local, os policiais foram abordados por uma moradora, que informou que em uma viela próxima da rua Isidoro Gazolla estaria um indivíduo, trajando camiseta de time de futebol, que estaria comercializando drogas.

Rapidamente a equipe se deslocou até o local e permaneceu de ‘campana’, observando a movimentação de pessoas que chegavam e saiam a todo instante, ficando muito claro para os militares que seriam viciados comprando substância entorpecente.

Em pouco tempo, o elemento com camisa de time foi visto se aproximando de outro indivíduo, que se aproximou de bicicleta para comprar droga. O traficante recebia o dinheiro e entrava em uma mata para pegar alguma coisa escondida, muito provavelmente a droga pedida. Ainda em observação e constatada a veracidade da denúncia, os policiais solicitaram apoio a uma segunda viatura da PM e também à Guarda Municipal, para que fosse efetuado um cerco em ambas as saídas da viela, não dando chances para a fuga do acusado. Logo que a segunda equipe chegou, foi armado o ‘bote’ para surpreender o elemento.

Encurralado, o acusado foi abordado pelos policiais. Com ele foram encontrados R$ 10 em dinheiro e no ‘esconderijo’ estavam 18 tubetes (pinos) contendo cocaína.

Conduzido à delegacia, o acusado foi identificado como Alessandro Dias, que segundo o cabo Candello é um antigo conhecido da polícia pelo seu envolvimento com o tráfico de drogas no município.

Durante depoimento à autoridade policial, Alessandro confirmou que trabalhava temporariamente na ‘biqueira’ do Santa Fé para ajudar outro traficante, que segundo ele se chamaria ‘Nicolas’. Ele ganharia 1 pino de droga a cada 25 que vendesse.

Diante sua confissão de tráfico, Alessandro recebeu voz de prisão em flagrante delito, que foi ratificada pelo delegado de Polícia, dr Florisval Silva Santos, que encaminhou o acusado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

A droga e o dinheiro foram apreendidos na delegacia de Polícia.