Prefeitura garante material escolar para 7 mil alunos

Por em 18 de janeiro de 2018
Prefeitura garante material escolar de qualidade para 7 mil alunos e economiza R$ 2,6 milhões

A economia é de R$ 2,6 milhões

Os 7 mil alunos da rede municipal de ensino receberão da Prefeitura de Itupeva os kits de material escolar e didático logo no primeiro dia de aula – 7 de fevereiro.

Os itens são de qualidade e foram adquiridos pelo município com uma economia de R$ 2,6 milhões graças ao trabalho realizado pelas secretarias de Gestão e de Educação e Cultura.

“Devido ao planejamento da nova administração e as ações executadas em 2017, conseguimos recuperar a credibilidade do município e realizar processos de licitação que priorizassem a qualidade do material a ser adquirido, assim como o menor valor – gerando economia dos recursos públicos. Todas as crianças da rede municipal receberão os kits com produtos de alta qualidade, já no primeiro dia de aula”, destacou o prefeito Marcão Marchi.

Cada aluno receberá um kit contendo até 20 itens variados e condizentes com cada série, entre eles caneta, cola, estojo, giz de cera, massa para modelar, tesoura, apontador e cadernos. Também será distribuído um kit de materiais para os professores utilizarem em sala de aula.

“Quando abrimos a licitação, estimávamos um gasto de R$ 2 milhões. Durante o pregão que contou com a participação de 10 empresas, tivemos uma economia de R$ 1 milhão”, comentou Juliana Ferreira Aleixo, secretária de Gestão Pública.

Além disso, a Secretaria de Educação e Cultura também conseguiu por meio dos governos estadual e federal a participação no programa Ler e Escrever, que garantiu livros didáticos para todas as crianças do Ensino Fundamental sem custos ao município.

O programa também agrega formação de professores, coordenadores pedagógicos e técnicos, acompanhamento das aprendizagens dos alunos, elaboração e distribuição de materiais pedagógicos e outros subsídios, constituindo-se como uma Política Pública para os Anos Iniciais do Ensino Fundamental, que busca promover a melhoria do ensino na rede estadual.

“Este é um programa de qualidade que faz parte da realidade de muitas cidades brasileiras. Com essa parceria, conseguimos uma economia de R$ 1,6 milhão, recurso que poderemos usar em prol das nossas crianças durante o ano letivo”, destacou Fábio José de Andrade, secretário de Educação e Cultura.